PRF flagra caminhoneiro dirigindo na BR-153 após fazer uso de maconha




A Polícia Rodoviária Federal (PRF) durante fiscalização promovida na manhã de quinta-feira (28), no km 435.0 da BR 153, no município de Miracema do Tocantins/TO, abordou o veículo Volvo Fh12 380 4x2t, que seguia de Santa Gertrudes/SP para Itacajá/TO.

Durante a fiscalização, a equipe da PRF observou que o condutor, de 27 anos, apresentou uma certa euforia, fala confusa e não sabia informar dados simples, como a data de hoje, sinais que provocaram suspeição de uso de alguma substância psicoativa por parte do condutor.

Questionado sobre a situação, o homem afirmou que não fazia uso de nenhum tipo de substância ilícita e que também não havia ingerido bebida alcoólica, porém, durante a revista ao interior do veículo foram encontrados aproximadamente 30g de substância análoga à maconha, bem como um cigarro desta mesma substância já parcialmente utilizado, além de 19 comprimidos de anfetaminas, popularmente conhecidas como “rebite”.

LEIA MAIS  Repom inaugura hoje a maior unidade do Clube da Estrada em Uberaba-MG

Perguntado novamente, e diante das evidências, o condutor confessou o porte, inclusive declarando ter feito uso de maconha na manhã de hoje, ao acordar, antes de iniciar a viagem.

Sobre onde conseguiu a substância, declarou ter comprado num posto de combustíveis, na cidade de Goiânia, pagando a quantia de R$ 100,00, não tendo certeza da data. Sobre os rebites, afirmou ter ganho do seu irmão e que não teria utilizado por esses dias.

No caminhão ainda estava uma mulher viajando como passageira, a mesma declarou-se namorada do condutor e que viajava em sua companhia desde a última segunda-feira. Confirmou que na manhã de hoje, antes de iniciar viagem, o condutor fez uso do entorpecente, no entanto, negou ter consumido também.

Diante das informações obtidas foram constatados, a princípio, os delitos de Conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência e também de Porte de droga para consumo.

LEIA MAIS  Repom amplia oferta de serviços em seu aplicativo e já alcança mais de 240 mil downloads

Os objetos ilícitos e o condutor foram encaminhados para Delegacia da Polícia Civil em Paraíso do Tocantins para continuidade dos procedimentos legais.




Deixe sua opinião sobre o assunto!