PRF flagra caminhão com quase 10 toneladas de excesso na BR 101 em Criciúma




Na noite de quarta, na BR 101 em Criciúma, policiais rodoviários federais flagraram um Mercedes Benz/Atego, pertencente a uma madeireira do município de São Martinho/SC, com 8.700 quilos acima do peso permitido.

Durante a abordagem, em fiscalização de rotina, o motorista apresentou nota fiscal onde constava o peso de 18 mil kg de carga. Este valor, somado ao peso do caminhão, de 11.100 kg, totalizava 29,1 toneladas, dentro do limite máximo para esse tipo de veículo, de 30.450 quilos, de acordo com a configuração de pneus.

Porém, o volume aparente gerou a suspeita de que o documento não apontasse a totalidade de toras transportadas.

LEIA MAIS  Petrobras recebe R$1 bilhão por subvenção ao diesel ente janeiro e agosto

O Mercedes Benz foi levado para pesagem em balança rodoviária, que apontou peso total de 39.150 quilos, sendo constatado excesso de 8,7 toneladas. O valor ultrapassou inclusive a capacidade máxima de tração (CMT), que é o peso máximo a ser tracionado de maneira segura conforme o fabricante, levando em consideração aspectos mecânicos.

O veículo foi notificado pelo excesso de peso e por ter ultrapassado a CMT em 1.350 kg, totalizando R$ 3.351,37 em multas. Além das penalidades já impostas, o embarcador responderá a Termo Circunstanciado por dano ao patrimônio público.

O excesso de peso é transmitido integralmente ao pavimento asfáltico, danificando-o, e ainda oferece riscos aos motoristas e demais usuários da via, pois sobrecarrega os sistemas de freios e suspensão, aumentando o risco de falhas mecânicas.

Deixe sua opinião sobre o assunto!