Três caminhões são flagrados com mais de 35 toneladas de excesso de peso em Araranguá-SC




Durante o dia 19 (terça), policiais rodoviários federais flagraram três veículos de carga transportando 35.275 kg de peso além do permitido na BR 101 em Araranguá.

O primeiro abordado foi um Ford/Cargo de Criciúma transportando areia. Ele estava com 10.090 quilos de excesso. Apesar de efetuar o transbordo da carga, o caminhão ficou retido porque estava com o licenciamento vencido há dois anos, não tinha aferição do tacógrafo e apresentava os pneus “carecas”. Ele foi multado em aproximadamente 3 mil reais.

Posteriormente, uma carreta Mercedes Benz/Axor de Criciúma, que estava transportando toras, apresentou 18.080 quilos além da sua Capacidade Máxima de Tração. O embarcador e o transportador foram multados em mais de oito mil reais e responderão a Termo Circunstanciado por dano ao patrimônio público. O conjunto foi liberado após transbordo do excesso.

LEIA MAIS  PRF recupera caminhão furtado em Mato Grosso

No mesmo dia, um rodotrem tracionado por um Scania/G 420, emplacado em Ermo e carregado de arroz, foi flagrado com excesso de 7.105 quilos. A multa foi pouco mais de dois mil reais. A empresa transportadora, que é reincidente nesse tipo de infração, também responderá pelo dano ao patrimônio público, juntamente com o embarcador. Após transferir a carga excedente para outro caminhão, o veículo pôde seguir viagem.

LEIA MAIS  Renault Trucks lança série de vídeos para destacar itens de segurança de seus caminhões

O excesso de peso sobrecarrega os sistemas de suspensão e freios, oferecendo risco ao motorista e aos usuários da rodovia, e ainda danifica o pavimento asfáltico.




Um comentário em “Três caminhões são flagrados com mais de 35 toneladas de excesso de peso em Araranguá-SC

  • 08/04/2019 em 21:23
    Permalink

    Excesso de peso não pode ser tolerado! Tem de multar mesmo, pois são pessoas gananciosas que só pensam nos seus lucros! Acabam com o piso, colocam vidas de inocentes em riscos, e ainda se acham espertos em detrimento de quem anda dentro da lei.

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!