Volvo faz demonstração de ônibus autônomo na Suécia




Sem abrir mão do motorista, tecnologia autônoma trará, no futuro, mobilidade mais segura e confortável, com manobras de embarque e desembarque precisas.

O ônibus autônomo em demonstração foi projetado para proporcionar um deslocamento seguro e confortável, com aceleração e frenagem sem solavancos. Nos pontos de embarque, consegue parar sempre na mesma posição e distância da plataforma, facilitando o acesso dos passageiros.

Sensores monitoram constantemente o entorno do veículo. A informação é usada para orientação em manobras e, no futuro, ajudará a evitar acidentes, ajustando a velocidade ou parando o ônibus ao identificar proximidade com objetos.

Eletromobilidade e Automação

A base do veículo de demonstração é o ônibus elétrico Volvo, já disponível na Europa. “Com baixo ruído e livre de emissões nosso ônibus elétrico é uma excelente alternativa para um transporte público sustentável. E agora, com diferentes tipos de automação, podemos fazer ainda mais progresso em segurança, conforto e eficiência. Com a tecnologia do Grupo Volvo estamos abrindo novas portas para o futuro”, diz Håkan Agnevall, Presidente da Volvo Buses.

A tecnologia também traz mais eficiência quando o veículo não está em operação no trânsito. “Com ônibus autônomos, os manobristas das garagens podem focar em serviços e manutenção ao invés de carregar baterias, levar o veículo para lavar ou estacionar. Os ônibus do amanhã terão condições de fazer tudo isso sozinhos,” assegura Agnevall.

LEIA MAIS  Concessionária de Ribeirão Preto renova frota da Ribe Transporte

Comboios inteligentes

O autônomo também será usado em pesquisa sobre comboios urbanos inteligentes, em que vários ônibus seguirão em conjunto de forma sincronizada e segura, aumentando a capacidade de transporte de passageiros. “A Volvo tem sido pioneira em sistemas de transporte com ônibus de alta capacidade, os Bus Rapid Transit (BRT). Agora estamos dando mais um passo, usando a automação para fazer conexão sem fio entre veículos, criando verdadeiros “trens” de ônibus, com alta flexibilidade. Ao associar eletromobilidade e automação, os ônibus são uma alternativa atraente para o futuro das cidades, quando comparados aos sistemas tradicionais sobre trilhos”, diz Agnevall.

Projetos de pesquisa

A demonstração teve início no último final de semana, durante a parada da regata Volvo Ocean Race em Gotemburgo, na Suécia. Nos próximos dois anos, o ônibus será usado em projetos de pesquisa automotiva – FFI Ônibus Urbanos Autônomos e KRABAT.

LEIA MAIS  Caio vende 500 ônibus para a Nigéria

O FFI é o Programa Estratégico em Pesquisa e Inovação, uma cooperação entre a indústria automotiva e o governo sueco. Já o KRABAT é parte de um programa conjunto do governo sueco com o nome “A próxima geração de viagens e transportes”, financiado parcialmente por Vinnova, através do Drive Sweden.

No início deste ano, a Volvo Buses lançou um projeto conjunto para ônibus elétrico autônomo com a Nanyang Technological University (NTU), de Cingapura. Anteriormente o Grupo Volvo já havia demonstrado caminhões autônomos para operações de mineração, agricultura e coleta de lixo.

O ônibus autônomo Volvo está sendo apresentado dentro do ElectriCity, um projeto de pesquisa conjunto entre centros de pesquisa, indústria e a cidade de Gotemburgo. O objetivo é desenvolver novas soluções para a próxima geração de trânsito urbano sustentável.





Deixe sua opinião sobre o assunto!