Automóveis fabricados com alumínio utilizam menos combustíveis e reduzem emissão de poluentes




O uso do alumínio permite reduzir em mais de 400 quilos o peso de um carro de tamanho médio. Com um veículo mais leve, há uma economia significativa de combustível, além de emitir menos poluentes e causar um menor desgaste de pneus e peças. Por isso, o principal evento da cadeia produtora do alumínio do Brasil, a ExpoAlumínio – Exposição Internacional do Alumínio, tem um papel fundamental para o setor automobilístico: conectar fornecedores de toda a cadeia produtiva do alumínio ao setor automotivo e de transportes. O evento será entre os dias 3 e 5 de setembro, no São Paulo Expo.

“Devido às suas múltiplas aplicações e eficiência, o alumínio é um produto em crescente demanda na indústria de mobilidade. Identificamos a necessidade para o setor de se ter um evento como a ExpoAlumínio 2018, que cria conexões assertivas que posteriormente se desdobrarão em parcerias e novos negócios”, aponta o diretor da ExpoAlumínio 2018, Leandro Lara.

Além de tornar os veículos mais eficientes, outra grande vantagem do uso do alumínio no setor de transportes é que o material pode ser reciclado infinitamente. Um estudo realizado pelo Centro para Recuperação e Reciclagem de Recursos do Instituto Politécnico de Worcester (WPI), em Massachusetts, nos Estados Unidos, constatou que 91% do alumínio presente nos automóveis descartados no país são reciclados. O metal reciclado entra em um novo ciclo de vida na forma de rodas, para-choques e motores.

LEIA MAIS  4Truck desenvolve baús de linha leve para entregas sem restrição em áreas urbanas

De acordo com a Associação Brasileira do Alumínio – ABAL, o Brasil também tem um grande potencial para o aumento na reciclagem do alumínio utilizado nos automóveis. O metal é o principal produto reciclado no território nacional, com 602 mil toneladas só em 2015 – o índice de reciclagem de latas de alumínio para bebidas, por exemplo, chega a 98%.

“O grande crescimento da utilização do material em carros produzidos no Brasil, principalmente nos motores, gera otimismo quanto à implementação de uma cadeia sustentável de produção do metal para a indústria automotiva, com eficiência semelhante ou maior que a dos Estados Unidos”, enfatiza o presidente executivo da ABAL, Milton Rego.

A ExpoAlumínio é uma vitrine tecnológica para o setor de alumínio com soluções integradas. O evento será palco de inovações, experiência e conteúdo destinados aos profissionais de toda a cadeia produtiva do alumínio, desde a bauxita à reciclagem. São esperadas mais de 140 marcas nacionais e internacionais dos setores fornecedores da indústria do alumínio. A perspectiva é que mais de 10 mil visitantes passem pelo evento em três dias, provenientes de todas as regiões do Brasil e de diversos países, principalmente da América do Sul.

Sinergia com setor da Mobilidade

Por ser um dos segmentos responsáveis pelo crescimento no consumo doméstico de produtos de alumínio, a ExpoAlumínio ocorrerá em sinergia com o setor de Mobilidade, com a realização simultânea do Congresso e Mostra Internacionais SAE BRASIL de Tecnologia da Mobilidade 2018. Em sua 27ª edição, esta é a primeira vez que será de forma integrada a um evento de outro setor.

LEIA MAIS  Volvo apresenta o caminhão Vera - Sem motorista nem cabine

Reunir o Congresso e Mostra Internacional SAE BRASIL de Tecnologia da Mobilidade e a ExpoAlumínio num mesmo espaço, com mais de 10 mil metros quadrados, também reforça o objetivo de compartilhar conhecimento e fomentar interações diante de um cenário econômico que demonstra sinais de retomada, com projeções de crescimento que envolvem a indústria do alumínio e os setores da Mobilidade.

Com isso, os visitantes terão acesso aos dois eventos ao longo dos três dias e a oportunidade de participar das atividades de conteúdo, visitando as exposições tecnológicas que, juntas, apresentarão mais de 200 marcas.




Deixe sua opinião sobre o assunto!