Para resolver falta de motoristas, em breve jovens de 18 anos poderão dirigir carretas nos EUA




Em alguns estados dos Estados Unidos isso já uma realidade. Jovens com 18 anos ou mais tem direito de obter uma carteira de motorista profissional para dirigirem carretas dentro dos limites dos estados. Agora, a possibilidade da aprovação de uma lei federal pode abrir essas fronteiras.

Jovens de 18 anos ou mais poderão dirigir carretas, em rotas interestaduais, com regras mais rígidas que os motoristas mais velhos, para suprir a falta de mão de obra nos transportes dos Estados Unidos.

Essa questão não é nova. De acordo com a American Trucking Association, faltam cerca de 70 mil motoristas nos Estados Unidos, e esse número só cresce a cada ano.

A lei atual permite a idade mínima de 21 anos para rotas interestaduais. O programa piloto desenvolvido pelo Departamento de Transportes norte americano pretende mudar essa exigência, e os jovens de 18 anos deverão passar por treinamentos e testes antes de poderem trabalhar em empresas.

O projeto é aclamado pela indústria e comércio, pois a falta de caminhoneiros já começa a impactar no prazo de entrega de mercadorias e em médio e longo prazo pode ter impactos sérios na economia do país.

LEIA MAIS  Caminhão é flagrado com doze toneladas de excesso de peso na BR 116 em Mafra-SC

Os treinamentos para os jovens motoristas vão contar com um curso de 400 horas, entre aulas teóricas e práticas, e os motoristas aprovados deverão seguir normas mais rígidas quanto ao tempo de direção e velocidade máxima. Essas normas permanecem valendo até o jovem fazer 21 anos.

Também será necessário trabalhar como aprendiz, sendo supervisionado por um motorista profissional experiente, por pelo menos 240 horas antes de poder rodar sozinho.

Por ser considerada uma das profissões mais perigosas dos Estados Unidos, além de oferecer baixos salários e uma carga horária alta, a falta de caminhoneiros já é alarmante. Mesmo com aumentos constantes de salários, que podem chegar a mais de US$ 80 mil por ano dependendo da empresa, não há profissionais interessados em assumirem um caminhão.

Jovens de 21 anos de idade, que começaram recentemente a dirigirem caminhões, por não serem formados em faculdades, como Montell Mayers, de 21 anos, se sentem satisfeitos com a profissão. Em seu primeiro ano como motorista profissional, Montell espera conseguir ter um salário total de US$ 65 mil, cerca de US$ 5.500 por mês.

LEIA MAIS  PRF e Polícia Civil de Goiás desarticulam quadrilha de roubo a carga

Mesmo com a grande falta de profissionais, não há interesse do governo americano em importar profissionais de outros países para suprir essa demanda. Quem é de fora dos Estados Unidos pode conseguir uma oportunidade, se conseguir um visto de permanência ou um Green Card, e passar por todos os tramites legais para obtenção da carteira de motoristas.




2 comentários em “Para resolver falta de motoristas, em breve jovens de 18 anos poderão dirigir carretas nos EUA

Deixe sua opinião sobre o assunto!