Mercedes-Benz exporta 20 caminhões Atego fora de estrada para as Filipinas




A presença de caminhões da Mercedes-Benz do Brasil no maior Salão de Veículos Comerciais do mundo, o IAA 2018 de Hannover, na Alemanha, já começou a render frutos. A Empresa acaba de anunciar a venda de 20 unidades do semipesado Atego 1726 4×4 para as Filipinas, país asiático que, pela primeira vez, recebe caminhões da marca fabricados em São Bernardo do Campo, no Estado de São Paulo.

Esse lote de Atego para operações fora de estrada foi adquirido pela Semirara Mining and Power Corporation, um dos maiores produtores de carvão e energia das Filipinas. Os veículos serão utilizados para transporte de funcionários de uma grande mineradora da companhia.

Os 20 caminhões serão produzidos já em outubro, passando pela área de customização da Mercedes-Benz do Brasil – Custom Tailored Trucks (CTT) – para receberem tomada de ar traseira. A previsão é que, em dezembro, os veículos sejam embarcados para as Filipinas, onde serão implementados localmente para transporte de pessoas.

LEIA MAIS  Caminhoneiros são sequestrados e 34 pneus e rodas são roubados de carreta na Paraíba

Mercedes-Benz customiza caminhões para exportação

“O Atego brasileiro e também o Accelo complementam o portfólio global da Daimler Trucks. Com base nos modelos de série, nós customizamos esses caminhões no Brasil para atender demandas específicas de regiões como Ásia, África e Oriente Médio”, informa Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “Para isso, contamos com larga experiência de mais de 50 anos de atendimento a países de vários continentes e também com a competência da área de Exportação e do Centro de Desenvolvimento Tecnológico para atender cada nova demanda”.

Solução gerada pelo CTT, o Atego 1726 4×4 para o mercado externo ganha customizações para qualquer condição e terreno. Entre as adequações realizadas no caminhão de tração total para as Filipinas destaca-se a tomada de ar traseira.

O Accelo e o Atego operam com eficiência e produtividade tanto nas cidades e estradas, como em condições adversas, vias não pavimentadas, desertos, temperaturas elevadas e topografia irregular, muito comuns em regiões como a Ásia, África e Oriente Médio. Além de reconhecer a qualidade dos produtos, os clientes locais dão muito valor à confiabilidade da marca e ao suporte de atendimento e assistência técnica que a Mercedes-Benz oferece em qualquer lugar do mundo, em parceria com os concessionários e os escritórios regionais da Daimler Trucks.

LEIA MAIS  Caminhão roubado em São Paulo é recuperado pela PRF na Bahia

A Mercedes-Benz do Brasil está prevendo exportar 350 caminhões para Oriente Médio e África em 2018, o que significa um crescimento de cerca de 40% nas exportações destes veículos para essas regiões. Atualmente, a Empresa exporta caminhões e ônibus para cerca de 50 países. Além desses mercados, os outros destinos são América Latina, Ásia e Oceania.




Deixe sua opinião sobre o assunto!