Caminhão de madeira é flagrado transportando quase o dobro de sua capacidade de tração




A Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou na tarde de segunda-feira (24), em Ananindeua/PA, um caminhão que transportava uma carga com peso quase igual ao dobro de sua capacidade máxima de tração. O flagrante resultou na apreensão de 21,12 m³ de madeira ilegal.

Os policiais perceberam que no km 8.0 da BR 316, o Caminhão, cor AZUL, FORD CARGO, transitava em baixíssima velocidade, aparentando estar sobrecarregado. Durante a fiscalização verificou-se que a carga transportada era madeira serrada e que a nota fiscal declarava um volume de carga igual a 18,180 metros cúbicos e com peso igual a 15.890 kg.

Porém, após as medições técnicas, os policiais concluíram que o volume real total medido era de 21,12 m³, quantidade que excedia o volume contido no Documento fiscal apresentado.

LEIA MAIS  Exame sobre alterações no sono para habilitação de motorista profissional é rejeitado pela Câmara

Ocorre que devido à suspeita causada pela lentidão no deslocamento, os policiais levaram o veículo até a balança mais próxima. Durante a pesagem foi contatado o peso de 41.950 Kg. Considerando que a capacidade máxima de tração do veículo em questão é de 23.000 Kg, o excesso verificado de 18.950 Kg (18,9 Toneladas) corresponde , de maneira absurda, à quase o dobro da capacidade do caminhão.

Considerando o ocorrido, o condutor foi multado em R$ 10.172 pelas infrações de peso e medida e assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), por meio do qual se comprometeu a, posteriormente, comparecer perante o Poder Judiciário para responder pelas suas condutas criminais (art. 46, Lei de Crimes Ambientais), sendo em seguida liberado.
Os veículos e a carga foram recolhidos nos pátios da PRF e estão à disposição das autoridades ambientais

Deixe sua opinião sobre o assunto!