Como fazer corretamente o cálculo da força de tração?

por Blog do Caminhoneiro

Para se certificar que um determinado cavalo mecânico tem capacidade para tracionar uma determinada composição, não basta garantir que a potência e CMT sejam adequadas é preciso verificar a relação entre a força trativa disponível e o coeficiente de atrito, característica da superfície, do pavimento onde vai se dar o movimento. Acompanhe os exemplos, abaixo, para entender como se faz:

1. Deslocamento em pavimento asfáltico, piso seco (coeficiente de atrito: 0,8), com inclinação de 5,2%

Figura 1 – calculo da força trativa, considerando asfalto seco e plano:

Figura 2: cálculo da força necessária para vencer a resistência ao rolamento, considerando asfalto seco e inclinação da pista de 5,2%, conforme figura abaixo:

Figura 3 – calculo da força trativa, considerando asfalto molhado e plano:

Figura 4: cálculo da força necessária para vencer a resistência ao rolamento, considerando asfalto molhado e inclinação da pista de 5,2%, conforme figura abaixo:

Artigo de João Batista Dominici

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-98800-6519

[contact-form-7 id="76086" title="Cadastro"]

Artigos relacionados

1 comentário

Luiz Alberto N F Santos 26/02/2019 - 09:59

Bom dia!gostei muito desse artigo,sempre tinha essa duvida.Há algum curso ou literatura à respeito para eu adquirir?Obrigado pela atenção.

Reply

Escreva um comentário