Redução na tabela de frete e Natal incentivam terceirização no transporte de cargas




Apesar de ainda sentirem os impactos negativos da greve dos caminhoneiros, as transportadoras já projetam a retomada dos seus negócios, resultando no aumento da terceirização do setor e na busca por tecnologias que agilizem a contratação de autônomos. As principais causas deste reaquecimento é o crescimento nas entregas de final de ano e a recente redução na tabela de frete, divulgada pelo Governo Federal na última quinta-feira (22). Devido à baixa do diesel, houve queda de até 5,3% no valor pago por km rodado.

Segundo empresas do setor, a expectativa é de que o número de terceirização no transporte de cargas aumente em, pelo menos, 15% neste último bimestre de 2018.

“Antes da greve dos caminhoneiros, que resultou na criação de uma tabela única de frete pelo Governo Federal, a terceirização estava em alta, beneficiando toda a cadeia logística. Mas, a tabela inviabilizou a terceirização massiva da nossa frota, pois ficamos sem margem de negociação com os caminhoneiros parceiros. A situação impediu o livre mercado. Agora, com o desconto na tabela de frete e a excelente movimentação no final de ano, essa alternativa de contrato voltou com força ao nosso radar”, explica Newton Pedro Bom, da Bom Transporte, que possui uma frota de 80 caminhões próprios e uma rede de 150 terceiros.

Para que as mais de 147 mil transportadoras registradas na ANTT encontrem autônomos rapidamente sem colocar em risco os prazos de entregas, as empresas estão optando pela contratação de uma tecnologia de ponta para integrar transportadoras e motoristas: o Fretefy, plataforma online que utiliza inteligência artificial para facilitar a terceirização e administrar cargas.

Tecnologia conecta transportadora a motorista e otimiza integração

LEIA MAIS  Tabela de Frete: Veja o que acontece se ficar ou se cair a liminar

Para auxiliar as empresas e os autônomos nessa retomada, o Fretefy foi lançado recentemente, conectando, gerenciando e integrando o transporte rodoviário. A plataforma foi criada dentro da Gestran, empresa paranaense que desenvolve softwares para transporte e logística há mais de duas décadas. O Fretefy chega para cobrir várias lacunas no mercado, como a contratação de terceiros e a busca por frete retorno para que os caminhões não trafeguem vazios.

“Estamos apostando muito nessa época de grande movimento. Iniciamos a comercialização do Fretefy no início de novembro e já superamos nossa meta de parceiros utilizando a plataforma. É fácil de explicar quando nos posicionamos como o ‘Uber’ no mercado de transportes B2B, pois não trouxemos apenas o sistema de geolocalização, que aponta o frete mais próximo da necessidade de carga, mas fomos muito além do que há de padrão no mercado. Nos aprofundamos, pesquisamos as dificuldades entre os mais de 400 transportadoras do mercado e trouxemos uma solução prática e abrangente”, explica Marilucia Pértile, Gerente de Vendas e Marketing do Fretefy.

O Fretefy oferece a gestão rápida de cargas e caminhões. Inicialmente, o usuário cadastra as cargas que precisam de transporte e informa suas características, qual o veículo necessário e locais de coleta/entrega. A partir destes dados, os robôs da plataforma fazem o cruzamento de dados e oferecem as melhores opções para o transporte da encomenda, mostrando tanto caminhões próprios disponíveis quanto motoristas autônomos quando há esta necessidade.

Essas fortes características de gestão e controle logístico mudam totalmente a forma como as transportadoras geram negócios. “Muitas transportadoras, por incrível que pareça, não possuem um sistema de controle da própria frota, muito menos dos terceirizados. O Fretefy coloca esse controle na palma da mão e permite que as empresas lucrem mais e mais rápido”, explica Marilucia.

LEIA MAIS  Tabela de Frete: Veja o que acontece se ficar ou se cair a liminar

Automação e gestão de cargas podem aumentar em 20% o faturamento

Com a plataforma, o gestor da transportadora passa a saber instantaneamente qual a localização das cargas em trânsito, quais encomendas precisam ser transportadas e quais cargas já foram entregues. Além disso, há aumento significativo do lucro por meio da funcionalidade de frete retorno. Antes mesmo do caminhão chegar ao destino final, é possível buscar uma nova carga para que o caminhão não transite vazio. Na outra ponta, o caminhoneiro autônomo também consegue buscar fretes em todo o Brasil de forma gratuita, utilizando apenas o Fretefy em sua versão de aplicativo – destinada exclusivamente aos motoristas.

Outro diferencial que tem chamado a atenção das transportadoras é o rastreamento e controle de entrega do Fretefy. “Tivemos um ganho muito grande no controle e gestão da nossa frota com o Fretefy. Estamos implantando em toda nossa empresa e já vislumbramos um potencial de crescimento muito grande. Espero aumentar em 20% meu faturamento com a plataforma seja para gestão privada, seja para a gestão de contratação de terceiros que promete aquecer até janeiro”, finaliza Newton Pedro Bom, usuário Fretefy na Bom Transporte.




Deixe sua opinião sobre o assunto!