MAN, Scania e Volkswagen venderam juntas mais de 230 mil caminhões no mundo em 2018

por Blog do Caminhoneiro

O Grupo TRATON continuou a crescer em 2018. Com vendas de 233.000 veículos das marcas MAN, Scania e Volkswagen Caminhões e Ônibus, a TRATON superou em 14% os resultados do ano anterior. Este foi o maior volume alcançado pelo Grupo desde a sua criação em 2015. Tamanho avanço foi parcialmente impulsionado pelo crescimento robusto na Europa e pela demanda acentuada e crescente no Brasil. O crescimento foi dinâmico nos primeiros seis meses de 2018, porém houve ligeira queda no segundo semestre, chegando a 10% no quarto trimestre de 2018. “As metas de crescimento foram plenamente alcançadas”, afirmou Andreas Renschler, CEO da TRATON e membro do Conselho de Administração da Volkswagen AG. “O sucesso foi impulsionado por produtos excelentes, boa proximidade com o cliente, equipe forte e um mercado global regular, estável e atraente.”

Todas as três marcas do grupo contribuíram para o terceiro recorde consecutivo de vendas de veículos depois de 2016 e 2017. Com total de 102.560 unidades, a MAN registrou as maiores vendas de veículos, superando significativamente (+14%) os negócios do ano anterior. A Scania entregou 96.480 caminhões e ônibus (+6%). A demanda por veículos da Volkswagen Caminhões e Ônibus (VWCO) aumentou consideravelmente com base na retomada do crescimento econômico do Brasil, subindo cerca de 40%, para 36.360 unidades.

Enquanto as vendas de caminhões das marcas da TRATON aumentaram 10% para 202.490, a demanda por ônibus cresceu ainda mais, em substanciais 18%, para 22.630 unidades. América do Sul e África são as maiores responsáveis por este impulso nas vendas de ônibus.

Baseado no elevado volume de unidades comercializadas, Renschler observou: “também nos beneficiamos do bom equilíbrio entre o alinhamento regional e a força de nossos principais mercados”. Desta forma, a TRATON continua como principal fornecedor de caminhões na região UE28+2 (União Europeia, Noruega e Suíça). Devido a outra ligeira melhora no mercado europeu de veículos comerciais em 2018, o Grupo aumentou suas vendas em cerca de 9% na região, para 116.690 veículos, quando comparado ao ano anterior.

A TRATON continua a ocupar a liderança do mercado brasileiro de caminhões. Sendo o Brasil o maior mercado na região e o mais importante mercado da VWCO, a recuperação econômica do país tem efeito especialmente positivo. As vendas das marcas da TRATON totalizaram 40.450 caminhões na América do Sul, representando um aumento acentuado de cerca de 37% em relação ao fraco ano de 2017.

As vendas de veículos na África mantiveram-se no mesmo patamar do ano anterior, em 7.590 caminhões.

A quantidade de veículos vendidos na região da Ásia/Pacífico diminuiu cerca de 9%, para 13.600 veículos.
As vendas de veículos na região do Oriente Médio caíram cerca de 27% em relação ao ano anterior, para 6.910 caminhões, em parte devido à demanda menor na Turquia.
Com a recuperação econômica observada na Rússia, as vendas no país cresceram cerca de 15%, para 12.480 caminhões.

“Queremos ser um Campeão Mundial do setor”, destacou Andreas Renschler. “O crescimento constante dos últimos três anos indica que estamos no caminho certo”.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Escreva um comentário