PRF flagra transporte de cargas especiais com autorizações falsificadas

Na tarde desta terça-feira (26), durante fiscalização de veículos projetados para o transporte de cargas indivisíveis, os policiais flagraram dois veículos com irregularidades na BR 392, em Rio Grande.

No ato da fiscalização, foram entregues aos policiais AETs falsificadas em que as informações constantes nos documentos estavam em desacordo com a combinação de veículos vistoriada.

Um dos veículos tinha indícios de adulteração dos sinais identificadores, sendo recolhido para a perícia.

Os condutores foram apresentados na Polícia Federal de Rio Grande onde foram ouvidos como testemunhas. Um inquérito policial será aberto para apurar as responsabilidades do transportador.

A PRF adverte que falsificação ou adulteração de documentos públicos tem sua conduta tipificada no artigo 297 do Código Penal e tem pena de reclusão de dois a seis anos, e multa.

Siga o Blog do Caminhoneiro nas redes sociais

Deixe um comentário!

Johnny Cash comprou e nunca usou um Peterbilt 359 Conheça o caminhão que foi o primeiro bitruck do Brasil Auxílio de R$ 1.000 para caminhoneiros é aprovado Conheça os detalhes do projeto Roda Bem Caminhoneiro Scania já teve 13 séries especiais no Brasil