Candidato à presidência nos Estados Unidos faz viagem com caminhoneiro




O candidato à presidência dos Estados Unidos para 2020, Andrew Yang, de 44 anos, fez uma viagem com um caminhoneiro, chamado Dennis, na última semana, para alertar motoristas e autoridades sobre os “problemas que a automação dos caminhões pode trazer”.

O candidato tem feito uma série de publicações a respeito da possível devastação nos empregos dos caminhoneiros que os caminhões autônomos podem trazer. Além de alertar os caminhoneiros, ele também diz que a automação da indústria de caminhões vai trazer imensos prejuízos indiretos aos Estados Unidos, como nas paradas de caminhões à beira das estradas e toda uma indústria que sobrevive graças aos caminhoneiros.

O vídeo da viagem foi compartilhado na página do Facebook de Yang, e, além da viagem, o candidato fez uma parada em uma área de descanso de caminhoneiros para conversar com eles.

Yang acredita que os caminhões autônomos começarão a “roubar” empregos de caminhoneiros nos próximos 6 a 10 anos, e que algo precisa ser feito para evitar essa catástrofe.

Anualmente são investidos cerca de US$ 170 milhões no desenvolvimento de veículos autônomos nos Estados Unidos, e, de acordo com o candidato Yang, parte desse dinheiro deveria ser investido em melhorias para os caminhoneiros.