Negociação da tabela de fretes tem sido promissora




De acordo com nota publicada pela Confederação Nacional do Transportadores Autônomos (CNTA), as reuniões entre o Governo Federal, caminhoneiros, embarcadores e outros agentes do transporte rodoviário de cargas estão cumprindo o cronograma estabelecido e celebrando acordos para os vários tipos de cargas.

As reuniões estão sendo feitas desde segunda-feira, 29 de julho, com as diversas lideranças, para revisão dos valores apresentados pela Resolução nº 5.849/2019, que gerou descontentamento dos caminhoneiros.

De acordo com a CNTA, o grupo responsável pelos valores da categoria de líquido perigoso já chegaram a um consenso sobre os valores.

A CNT solicitou um prazo maior para que outras operações, representadas pela CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil), CNI (Confederação Nacional da Indústria) e CNT (Confederação Nacional do Transporte), pudessem analisar as propostas dos caminhoneiros.

De acordo com o Ministério da Infraestrutura, o resultado do acordo deve ser publicado já na próxima semana.




Deixe sua opinião sobre o assunto!