CNH Industrial anuncia seu novo plano estratégico separando operações

A CNH Industrial anunciou ontem o seu novo plano de negócios para os próximos cinco anos (2020 – 2024), chamado de ‘Transform 2 Win’, durante o Capital Markets Day, realizado na Bolsa de Valores de New York, EUA. Na ocasião, foi apresentada a estratégia detalhada para transformar a estrutura e o desempenho da empresa para capacitar seus cinco segmentos operacionais a atingir seu pleno potencial.

Os destaques do plano de cinco anos incluem:

· Vendas líquidas projetadas para crescer a uma taxa anual de 5%;

· Crescimento planejado no investimento anual em desenvolvimento de produtos para todos os segmentos, totalizando US$ 13 bilhões ao longo do plano até 2024;

· Margem EBIT das atividades industriais ajustada para atingir 8% até 2022 e 10% até 2024, com o EBIT ajustado para mais do que o dobro dos níveis atuais;

· O ROIC de atividades industriais deverá atingir 20% (um aumento de 600 pbs a partir de 2018) e o EPS diluído ajustado para crescer de US$ 0,86 (orientação do ponto médio de 2019) para US$ 2,00 até 2024;

· Separação dos ativos em ‘On-Highway’ (veículos comerciais e powertrain) e ‘Off-Highway’ (segmentos agrícola, de construção e de veículos especiais) resultará na criação de duas entidades listadas, cada uma líder mundial em seus negócios.




O plano é baseado em estratégias robustas e específicas de segmentos a serem implementadas por meio de uma combinação de iniciativas de melhoria de valor, incluindo oportunidades de crescimento de vendas, iniciativas de simplificação de negócios e desempenho, eficiência de otimização de ativos e programas de engajamento e desenvolvimento de talentos.

Sob a estratégia ‘Transform 2 Win’, a CNH Industrial reduzirá os custos operacionais e aumentará a eficiência de sua base de ativos por meio de ações de reestruturação direcionadas e outros encargos condensados em um programa de eficiência e em algumas outras iniciativas, incluindo o processo de simplificação 80/20, iniciado no quarto trimestre 2018. Espera-se que o plano esteja completamente implementado até o final de 2022 e que os encargos,

antes dos impostos associados a esse programa de eficiência, no restante de 2019 e até 2022, estejam entre US$ 450 e US$ 500 milhões, dos quais US $ 250 milhões deverão ser em dinheiro.

LEIA MAIS  Durabilidade dos motores FPT é comprovada em diferentes aplicações

O plano ‘Transform 2 Win’ fará com que a companhia separe seus negócios em ‘On-Highway’ e ‘Off-Highway’, uma decisão que segue a conclusão de um profundo processo de revisão de portfólio, levando em conta, entre outras coisas, considerações estratégicas, de investidores e de sinergia. Esta revisão destacou que os negócios ‘On-Highway’ e ‘Off-Highway’ têm requisitos regulatórios e de clientes divergentes e são impactados de maneira diferente pelas megatendências da indústria de digitalização, automação, servitização e propulsão de baixa / zero emissão.

A cisão dos ativos ‘On-Highway’ maximizará o foco e a flexibilidade do gerenciamento, alinhará as prioridades e os incentivos de investimento, atenderá melhor às necessidades respectivas de negócios e otimizará a estrutura de custos e capital de cada empresa para impulsionar um crescimento lucrativo. Isso fortalecerá ainda mais as posições de liderança dos negócios ‘On-Highway’ e ‘Off-Highway’, os posicionando para atingir suas metas ambiciosas e otimizar seu potencial de criação de valor para os acionistas. À medida que o processo de separação dos dois negócios progride, os destaques do plano financeiro, bem como as ações de reestruturação, serão divididos em planos separados para cada empresa.

A empresa ‘Off-Highway’, com receitas de atividades industriais em 2018 de US$ 15,6 bilhões, será predominantemente uma empresa agrícola (75% da receita) apoiada pelo negócio de construção (19%). Os veículos especiais (6% da receita) permanecerão com a ‘Off-Highway’. Case IH, New Holland Agriculture e STEYR se basearão em suas posições no mercado, na formação de novas linhas de produtos, na distribuição aprimorada e no investimento acelerado nas atividades de automação e digitalização. A CASE Construction Equipment e a New Holland Construction, bem como os caminhões pesados da ASTRA, se concentrarão em melhorar a lucratividade, simplificar a gama de produtos e aumentar a participação em segmentos específicos de aplicação. Os veículos de defesa e o combate a incêndios da Magirus continuarão a desenvolver suas ofertas líderes do setor para sua base de clientes especializada.

A empresa recém-listada ‘On-Highway’, com receitas de atividades industriais de US$ 13,1 bilhões em 2018, incluirá as marcas de veículos comerciais IVECO, IVECO BUS e Heuliez Bus (69% da receita), juntamente com o negócio powertrain da FPT Industrial (31% da receita). A posição de mercado e a linha de produtos das marcas IVECO serão fortalecidas ainda mais com investimentos em atualizações de produtos e tecnologia. A FPT Industrial continuará oferecendo soluções de powertrain líderes do setor e acelerará o desenvolvimento de soluções alternativas de propulsão. A FPT Industrial continuará sendo um fornecedor importante para os negócios ‘Off-Highway’ através de um contrato de fornecimento de longo prazo.

LEIA MAIS  Iveco apresenta nova Daily na Fenatran

“O plano ousado levará à criação de dois novos líderes globais em seus respectivos campos”, disse Suzanne Heywood, chairperson da CNH Industrial. “O conselho de administração apoia fortemente essa estratégia ambiciosa e sua confiança é sustentada pelo rigoroso trabalho realizado para formulá-la”, completa Heywood.

“Com nossa estratégia ‘Transform 2 Win’, estamos definindo uma nova e empolgante direção para a nossa empresa. Ao desenvolver metas ambiciosas, porém alcançáveis, para cada segmento e reorganizar nossa estrutura para criar dois líderes globais, todos os nossos grandes negócios conseguirão atingir seu pleno potencial em termos de desempenho financeiro, geração de valor para acionistas e compromissos de sustentabilidade”, disse Hubertus Mühlhäuser, CEO da CNH Industrial.

“Nossa avaliação clara das principais megatendências, que estão mudando rapidamente o cenário dos negócios, nos levou a abraçar esse desafio e transformar a empresa. Beneficiando de um maior foco gerencial, as duas empresas acelerarão sua inovação, serão mais ágeis em seu pensamento estratégico e participarão ativamente da consolidação do setor. Tudo isso é totalmente consistente com nosso objetivo estratégico de ‘impulsionar a transformação sustentável’”, finaliza Mühlhäuser.

A nova empresa ‘On-Highway’ terá uma estrutura legal baseada na CNH Industrial NV, com a cisão prevista para ser concluída no início de 2021, sujeita a aprovação em Assembleia Geral Extraordinária, que deve ser realizada em 2020.

A CNH Industrial contratou consultores externos para apoiar a cisão planejada. Os materiais apresentados no Capital Markets Day podem ser acessados na seção “Relações com Investidores” do site corporativo da CNH Industrial.




3 comentários em “CNH Industrial anuncia seu novo plano estratégico separando operações

  • 06/09/2019 em 13:47
    Permalink

    Já que essa empresa tem olhos para o futuro com toda essa baboseira, pense em remunerar melhoramos seus escravos transportadores. Bando de sanguessugas.

    • 06/09/2019 em 21:43
      Permalink

      Exigem percentual mínimo de caminhões da marca deles na frota e, quando ‘acham’ que não está bom.. pé na bunda. Aliás.. exigências é o que não falta para quem quer transportar a produção deles…

  • 06/09/2019 em 13:01
    Permalink

    Uma reportagem não tem metade do empenho. Agora, propaganda, não páram de escrever.

Fechado para comentários.