ZF apresenta novas transmissões automáticas para ônibus urbanos EcoLife 2




A ZF apresenta a sua última geração do já consagrado sistema de transmissão automática para ônibus. Diversos aprimoramentos técnicos fazem com que a EcoLife 2 seja mais leve, mais eficiente, mais robusta e de manutenção mais simples. As melhorias mais significativas estão na economia de até três por cento de combustível, sistema start-stop disponível para todas as versões e um menor desgaste graças à otimização do seu sistema de arrefecimento. Na nova geração da EcoLife, a ZF elevou também os níveis de conforto, melhorando ainda mais a qualidade das trocas de marchas, por exemplo.

“Os ônibus movidos com motores de combustão interna ainda são um componente central dos sistemas de transporte público e das viagens de longa distância. Portanto, é importante contribuir para reduzir as emissões e aumentar a eficiência nessa área. O mercado demanda por altos níveis de conforto combinados a melhor desempenho e conseguimos isso com a nova EcoLife 2”, diz Andreas Grossl, responsável por sistemas de eixos e transmissões de ônibus na ZF.

A ZF manteve o princípio básico do conjunto de engrenagens planetárias de seis estágios com conversor de torque e retardador primário na segunda geração da transmissão EcoLife, mas diversas modificações técnicas otimizam a nova versão da transmissão Powershift, permitindo que ônibus urbanos e interurbanos se desloquem com um torque de entrada de até 2.000 Nm, resultando em suaves trocas de marchas.

Econômica, robusta e confortável

O amortecedor de vibrações torsionais que equipa o conversor de torque proporciona uma troca de marcha mais rápida e suave. Todas as variações de modelos da EcoLife 2 contam ainda com a função “start-stop” que reduz o consumo de combustível. O componente foi calibrado pela ZF de forma a atender a tendência atual de se trabalhar com o motor e a transmissão nas mais baixas rotações permissíveis, o que torna a operação mais eficiente e econômica. Dessa forma o conversor de torque reduz as vibrações do motor para a transmissão e ao sistema de tração como um todo, aumentando os níveis de conforto e minimizando o desgaste.

Há mais novidades na transmissão que merecem ser destacadas. O novo conjunto de engrenagens planetárias da EcoLife 2 possibilitou o aumento da relação de transmissão de 5.469 para 5.727, o que é necessário para melhorar a transmissão de potência/torque e obter assim maior eficiência. Além disso, os engenheiros da ZF conseguiram reduzir as perdas internas ao aplicar um novo revestimento nos discos das embreagens e freios. Esse novo revestimento melhora a dissipação de calor no conjunto, que por sua vez, reduz o desgaste.

Outra inovação na EcoLife 2 é o conceito de resfriamento. O trocador de calor de aço inoxidável instalado atrás da transmissão agora possui um duto triplo, que integra o sistema de resfriamento da transmissão e elimina a necessidade de um trocador de calor adicional. O resultado é uma redução no peso de aproximadamente 10 quilos e maior facilidade de manutenção.

O controle da transmissão oferece mais vantagens

As maiores vantagens da EcoLife 2 resultam do software de gerenciamento da transmissão, que não é apenas responsável pelas trocas de marchas extremamente rápidas, suaves e com maior conforto; mas também pela função “rolling mode” que contribui para a economia de combustível por meio da seleção automática do neutro nas situações em que o veículo estiver trafegando com o pedal do acelerador em repouso e com nenhuma atividade dos freios. Os clientes também podem se beneficiar pelo fato de o software de transmissão poder ser calibrado para uma variedade de motores com diferentes características. Com isso, a ZF pode fornecer a EcoLife 2 exatamente de acordo com os requisitos do cliente.

Outras vantagens incluem montagem mais simples e diagnósticos mais fáceis, para os quais a ZF oferece pacotes de serviços preventivos por meio de suas oficinas e parceiros internacionais.

A EcoLife 2 estará disponível para os clientes atuais a partir do próximo ano e logo após estará disponível no mercado para novos clientes. Além disso, uma variável da EcoLife 2 para ônibus rodoviários está em desenvolvimento, e deverá abranger a faixa de torque entre 1.700 a 2.800 Nm.





Um comentário em “ZF apresenta novas transmissões automáticas para ônibus urbanos EcoLife 2

  • 07/11/2019 em 10:20
    Permalink

    Pq demoraram tanto pra colocar câmbio automático nós ônibus e caminhões urbanos?
    Começaram pelos rodoviários extra pesados que não tinham tanta necessidade!

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!