Kamaz apresenta caminhão conceito Continent

por Blog do Caminhoneiro

A montadora russa Kamaz apresentou ontem, em um vídeo no Youtube, o caminhão conceito Continent, um modelo híbrido que deve entrar em produção nos próximos anos. O veículo usa a cabine do Mercedes-Benz Actros, e foi desenvolvido usando soluções apresentadas pela Daimler recentemente.

Um dos grandes destaques do veículo é o número de telas na cabine. Não existem mostradores analógicos. Todas as informações do veículo são mostradas em telas, e até no centro do volante está uma pequena tela touch.

O caminhão é híbrido elétrico, e o consumo de combustível passa da marca dos 4 km/l, mesmo com carga completa. Além disso, ele tem um sistema de automação nível 3, que é um sistema de direção autônoma que pode viajar em estradas, cidades, passar por rotatórias e até estacionar sozinho. O caminhão pode ser usado de forma totalmente autônoma, com o motorista apenas para emergências, ou de forma semi-autônoma, com o motorista responsável pela direção do veículo.

O novo motor R6 da Kamaz consome menos de 25 litros de diesel a cada 100 quilômetros, dando uma média acima dos 4 km/l. Além do motor tradicional, ele é equipado com um segundo motor, instalado no lugar do tanque de combustível, para ser usado no anda e para das cidades, recarregando as baterias elétricas.

Por dentro, além das telas que mostram todas as informações do veículo, ainda estão as telas do Mirror Cam, que substituem até o espelho frontal e o espelho da porta direita.

O caminhoneiro terá à disposição um banco confortável, que pode ser girado e até reclinado. Para funcionalidade, tem à disposição um microondas, chaleira elétrica, geladeira, fogão, pia e espelho e mesa.

A cabine conta com isolamento acústico melhorado, para redução de ruídos, e também com uma cama de 90 cm de largura, para mais conforto para o motorista.

Para aumentar ainda mais a pegada ecológica do caminhão, o semirreboque usado tem painéis solares no teto, para recarga das baterias do motor elétrico, e tem carenagens aerodinâmicas, além de tanques de combustível adicionais.

O modelo ainda não tem previsão de entrar em produção, mas as tecnologias apresentadas não são tão futurísticas, o que pode reduzir o tempo de desenvolvimento do modelo e o início da produção e comercialização.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-98800-6519

Artigos relacionados

Escreva um comentário