Em meio à crise do coronavírus, transportadoras investem em lances de consórcio para renovar a frota e dar fôlego às operações

por Blog do Caminhoneiro

A atual conjuntura econômica é favorável para que empresários do setor de transporte, categoria indispensável para evitar o desabastecimento de insumos, renovem ou aumentem suas frotas, por meio da oferta de lances em grupos de consórcio – neste cenário, aumentam as chances de contemplação. O valor do crédito em dinheiro – umas das possibilidades desta forma de investimento – se mostra como uma alternativa viável neste período para dar fôlego e continuidade às operações.

Para Mauro Andrade, gerente comercial do Consórcio Iveco, um dos três maiores do Brasil no segmento de pesados, os clientes que estão sendo contemplados – sobretudo os que atuam diretamente na área de transportes – devem aproveitar, junto às montadoras, as oportunidades diferenciadas de negociação. “Com a carta de crédito em mãos, o cliente tem dinheiro à disposição para barganhar as melhores condições e, assim, quando a situação se normalizar, estará um passo à frente, com um novo caminhão”, afirma.

Transportadoras seguem trabalhando

Considerada, por decreto presidencial, como atividade essencial, o transporte de cargas segue operando dentro da regularidade, mesmo com as determinações de distanciamento social. “Em nenhum momento paramos de transportar as cargas dos nossos clientes. O transporte é a parte primordial de qualquer nação. Se parar, para tudo. Não dá para fazermos um prognóstico agora, mas esperamos que daqui uns três meses tudo volte ao normal e com mais força. Nós aqui estamos preparados”, afirma Raimundo Fernandes, diretor da Transrefer, transportadora com sede em Minas Gerais, especializada em produtos químicos e farmacêuticos.

Cliente de longa data do Consórcio Iveco, Fernandes conta que o seu negócio só saiu do papel por meio do sistema de consórcio – investimento bastante popular entre os players do setor. Hoje, a Transrefer atende todo o país e conta com uma frota composta por mais de 100 caminhões – muitos deles adquiridos com esta forma de investimento. “No ano passado, fui sorteado e adquiri cinco carretas. O crédito sempre vem na hora que você está precisando, que não imagina que teria esse benefício”, finaliza.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Escreva um comentário