ASSISTA: Caminhoneiros brigam e carreta tomba no Paraná

por Blog do Caminhoneiro

Uma briga de trânsito entre dois caminhoneiros resultou em um tombamento na tarde deste domingo (10) em Guarapuava, na região centro-sul do Paraná. Um dos motoristas saiu ferido. As informações são da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Por volta de 15h30, os motoristas de uma carreta bitrem carregada de soja e de uma carreta com frango congelado transitavam pela BR-277, ambos pela contramão, no limite entre as cidades de Candói e Guarapuava.

O motorista de um carro que vinha logo atrás gravou parte da briga e enviou o vídeo para a Central de Comando e Controle da PRF.

Pelas imagens, é possível perceber que ambos os caminhões atravessam a ponte sobre o Rio Campo Real pela contramão, em um trecho onde a ultrapassagem é proibida.

Após a ponte, a carreta de soja chega a transitar pelo acostamento da faixa contrária, na tentativa de ultrapassar a outra carreta, cujo motorista impedia a manobra.

Logo à frente, após conseguir executar a ultrapassagem, o caminhoneiro que dirigia a carreta bitrem fechou o outro veículo, que primeiro saiu da pista e, na sequência, tombou sobre o asfalto.

O motorista da carreta tombada foi socorrido e encaminhado a um hospital de Guarapuava. Ele perdeu parte de um dos dedos da mão.

O outro caminhoneiro fugiu do local, mas foi identificado e já se apresentou à PRF. Com ferimentos no rosto e pelo corpo, ele alegou ter sido atingido por golpes de facão.

A PRF apurou que a briga entre ambos começou quase 30 quilômetros antes, no município de Cantagalo, durante uma outra tentativa de ultrapassagem. Os dois envolvidos chegaram a desembarcar e a trocar agressões físicas.

Após o tombamento, o trânsito no local ficou parcialmente interditado, com os veículos transitando no sistema pare-e-siga. A pista foi totalmente liberada por volta das 19 horas.

A ocorrência será investigada pela Delegacia da Polícia Civil em Guarapuava.

Direção defensiva

A Polícia Rodoviária Federal observa que um dos princípios básicos da direção defensiva é procurar manter sempre a calma e evitar brigas no trânsito.

Quem costuma responder a eventuais provocações e não tolera erros dos outros motoristas tem mais chance de se envolver em acidentes.

Ao testemunhar qualquer situação de risco em rodovias federais, a principal orientação é recolher o máximo possível de informações sobre o fato e acionar a PRF, através do telefone de emergência 191.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-98800-6519

Artigos relacionados

4 comentários

Gato Preto 12/05/2020 - 16:54

Isso serve de exemplo para todos, pois quando perdemos a sensibilidade fazemos coisas que jamais faríamos em sã-consciência!
Quando acontece uma situação em que uma das partes se estressa, é preciso que a outra parte asteia “bandeira branca”. Não há nada mais impostante que pedir perdão ao nosso colega, mesmo estando certo segundo a nossa visão, o pedir perdão destrói toda altivez e os ânimos são logo esfriados!
Isso é um ato que precisamos de treinamento e de ser programado antes de iniciar a viagem. Aprendi que mesmo estando certo, não custa nada olhar para o colega e dizer; me perdoe! Quebra toda arrogância e nervosismo!
Creio que esses colegas são pessoas responsáveis, talvez pai de família e bons filhos mas perderam a paciência e chegaram ao nível máximo de stress e poderiam facilmente cometer um assassinato e ai não havia mais o que fazer. Uma palavra branda acalma o furor, mas a palavra áspera o aguça! Tenho certeza que os dois se arrependeram e não houve vencedor! Perderam os dois!
Não julguemos, deixem que a justiça faça a parte que a ela compete!

Reply
Ezequiel Neto 12/05/2020 - 09:19

Dois delinquentes travestidos de motoristas profissionais. Jogam merda na categoria que anda na linha e com prudência.

Reply
Mauricio dos santos 11/05/2020 - 13:20

Parabens pela reportagem caminhoneiro q Deus abeçoas vcs todos do brasil blz

Reply
Luiz Antonio Câmara 11/05/2020 - 11:43

Parabéns pela reportagem… Blog Caminhoneiro

Reply

Escreva um comentário