Empresa de Barbados renova frota com motores eletrônicos e transmissões Allison

por Blog do Caminhoneiro

Uma colaboração entre a Mercedes-Benz do Brasil e a Allison Transmission fornecerá um trem de força totalmente atualizado para 30 ônibus Mercedes-Benz OH 1420 da frota da Transport Board, empresa de transporte público de Barbados, país do Caribe. Os modelos estão recebendo novos motores eletrônicos MB Euro 3 em substituição aos antigos, com bomba de injeção controlada mecanicamente, e novas transmissões Allison totalmente automáticas modelo T270R™ que substituirão as antigas, também Allison, MT643R™.

Esse é um processo de renovação que poderá ter continuidade gerando novos negócios para ambas as empresas, já que aproximadamente 60% da frota de 250 ônibus da ilha está inoperante por problemas de ‘idade’ e manutenção. Os chassis Mercedes-Benz OH 1420, que não estão mais em produção, foram exportados para Barbados sempre em combinação com as transmissões automáticas Allison. Os bons serviços prestados pelos veículos até o presente momento levaram a Transport Board a repotenciar os chassis existentes com motores eletrônicos, e com transmissões automáticas Allison mais modernas e eficientes.

“Essa revitalização dos ônibus é um procedimento relativamente usual nas ilhas do Caribe”, diz Evaldo Oliveira, diretor de Operações da Allison Transmission para a América do Sul. “A dificuldade operacional e financeira para a substituição dos veículos leva os serviços de transportes urbanos, como os da Transport Board, a atualizar o trem de força dos veículos para prolongar a vida útil dos modelos existentes no País. O custo é significativamente mais baixo que a compra de novos ônibus e o transporte passageiros volta a ser eficiente”.

A Allison T270R foi desenvolvida exclusivamente para o uso em ônibus e foi projetada para oferecer confiabilidade e durabilidade no transporte público, além de proporcionar baixos custos de manutenção. Ela se utiliza de um competente conversor de torque para multiplicar suavemente o torque do motor e transmitir maior potência para as rodas motrizes em qualquer situação de tráfego. O retardador integrado também diminui o uso dos freios, reduzindo o desgaste das lonas e minimizando ainda mais os custos com reparações.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-98800-6519

Artigos relacionados

Escreva um comentário