Primeiros protetores faciais produzidos na VWCO são doados no estado do Rio

Os primeiros 150 protetores faciais produzidos na fábrica da Volkswagen Caminhões e Ônibus foram entregues ontem (13) à prefeitura de Resende (RJ), cidade onde a montadora está localizada. Os equipamentos de proteção individual serão direcionados para o Hospital Municipal de Emergência Henrique Sérgio Gregori, principal instituição de saúde pública da cidade, que vem atendendo os casos de Covid-19. Este primeiro lote faz parte de um total de dois mil escudos faciais, que serão doados até junho às cidades da região Sul Fluminense.

O prefeito Diogo Balieiro recebeu pessoalmente a doação, entregue por colaboradores da empresa. Para agilizar sua produção desses equipamentos, a Volkswagen Caminhões e Ônibus adotou desde a impressão 3D à tecnologia de fundição a vácuo para conseguir aumentar a escala de fabricação, que pode chegar a 60 unidades por dia.

“Com a aceleração da nossa produção de protetores faciais, esperamos doar estes protetores faciais para as prefeituras da região e apoiar aqueles que estão na linha de frente no combate ao vírus. Com proteção e prevenção vamos superar esse momento difícil que o mundo está vivendo”, afirma Marco Saltini, diretor de Relações Governamentais e Institucionais da VWCO.

Deixe um comentário!

O Royal Eagle é um Scania 143 como você nunca viu T112MC – Scania desenvolveu modelo exclusivo para a Nova Zelândia Você lembra do seriado “As Aventuras de BJ” nos anos 1980? Caminhões chineses são equipados com cabine de modelo da década de 1970 Conheça o transporte Piggyback, muito usado nos Estados Unidos