Falta de união, de crédito e excesso de burocracia travam renovação de frota para autônomos

por Blog do Caminhoneiro

Eles são um grande exército nas rodovias do Brasil, somando mais de 700 mil caminhões rodando por cada canto que tenha uma estrada nesse imenso país. Levam todo tipo de cargas, trabalham como ninguém para conseguirem se manter trabalhando, e seus caminhões estão envelhecendo.

Esse é um retrato dos mais de 550 mil caminhoneiros autônomos que circulam no Brasil, com caminhões que foram fabricados, em média no ano de 2003. Porém, a imagem das estradas mostram até caminhões fabricados nas décadas de 1950 e 1960, com quase 70 anos de serviços prestados ao transporte de cargas.

E por que o caminhoneiro não compra um caminhão mais novo?

Em uma enquete realizada nas redes sociais pelo Blog do Caminhoneiro, os caminhoneiros citaram os principais motivos para não conseguirem: A falta de linhas de crédito específicas e a burocracia para obter as linhas de crédito existentes foram os mais citados.

Muitas vezes, os caminhoneiros que tentam conseguir obter crédito para compra de um caminhão novo são bloqueados pela burocracia exigida, além de também não conseguirem comprovar renda, o que dificulta ainda mais.

A falta de uma linha de crédito específica para os autônomos, que tenham até dois caminhões, também trava a compra de novos caminhões por esses caminhoneiros.

Além disso, os caminhoneiros autônomos relatam que os fretes pagos a eles são baixos, e que, por serem sozinhos, não conseguem negociar melhores valores para receber dos fretes e para custear despesas, como o diesel e manutenção.

Esse falta de crédito, caminhões antigos, que acabam tendo mais problemas com o passar do tempo, fretes baixos e despesas altas criam um circulo vicioso, que prende o caminhoneiro, anulando as chances de juntar o dinheiro necessário para troca do caminhão.

Benefícios

Apenas para citar alguns benefícios que a renovação de troca dos caminhões mais antigos das estradas brasileiras por caminhões semi-novos ou usados, a emissão de poluição iria diminuir, já que muitos dos caminhões mais antigos não tem nenhum tipo de sistema de controle de poluentes, a segurança aumenta nas estradas, pois os caminhões mais novos tem sistema melhores de frenagem, motores mais potentes, e manutenção facilitada, inclusive na rede de concessionários das montadoras.

E não precisam ser caminhões zero KM. Caminhões usados, com 10 anos de uso, já contam com essas tecnologias, são mais eficientes, menos poluentes e muito mais seguros para as estradas.

Melhora

No ano passado, o Governo Federal anunciou o programa Roda Bem Caminhoneiro, que prevê ações para fornecer infraestrutura, capacitação e assessoramento técnico às cooperativas de caminhoneiro autônomos, novas e existentes, visando melhorar a renda e a qualidade de vida da categoria.

O programa oferece assessoria técnica às cooperativas. Foram disponibilizados cem kits para as entidades, que são formados por contêineres-escritórios, equipados com depósito, escritório e lavabo, notebook, smartphone e um aparelho de ar condicionado.

Também foi criada uma rede de pontos de abastecimento de combustível com a instalação, em comodato ou cessão de uso, de tanques com capacidade para 15 mil litros.

Apesar do programa, a união dos caminhoneiros em cooperativas ainda é baixa. Com a possibilidade de se organizarem nas cooperativas, os caminhoneiros conseguem preços melhores para compra de combustível, peças, serviços, e também podem negociar a compra de veículos em lotes, com um custo de financiamento melhor.

Como dito em alguns dos comentários na pesquisa realizada pelo Blog do Caminhoneiro, além dos problemas, o que falta é a união dos caminhoneiro autônomos brasileiros, infelizmente.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

4 comentários

Ademilson 22/07/2020 - 13:15

Engraçado como sempre a desculpa e a culpa cai sobre o Caminhoneiro né não há incentivo porque grandes transportadoras conseguem não é só pelo fato de ser por lote tem isenções facilidades que o Caminhoneiro não tem é fácil botar a culpa no caminhoneiro ainda mais uma classe que não se une para reclamar nem sequer os direitos adquiridos cooperativas faz tempo que eu procuro saber de cooperativas na minha região ou então já entrei em contato com programas pedindo informações de como montar uma cooperativa mas ninguém se quer dar uma resposta aí torna dizer é fácil botar a culpa então não entendi em quem trabalha e acaba até às vezes não tenho tempo de correr atrás de outras coisas para mim a culpa disso tudo é sim a falta de isenção melhores formas de financiamento com taxas mais acessíveis fretes decentes para poder pagar uma prestação que da forma que se encontram ninguém consegue pagar nada tudo coisa que as grandes transportadoras tem acesso fácil e aí cada vez mais vai se enterrando autônomo e cada vez mais ocupando de coisa que ele não tem como resolver é enquetes também acabam sofrendo distorção e não põe pontos fundamentais nas perguntas como a enquete da ANTT que queria saber o gasto de um caminhão no ano mas não queria que colocasse o custo de um pneu no meio Como pode isso

Reply
antelzaonio Loureiro bexiga 17/07/2020 - 11:18

não esta facil pra nos autonomos e ainda tem a policia que quando nos para por termos caminhões “velhos”, não falta coisas pra embaçar ja estou a uma semana sem trabalhar so gastando depois que tive minha carreta presa e os doc do meu velho jacare retido, alem de estar sem trabalhar o pouco que tinha juntado tive que gastar pra tirar a carreta do patio e arruma o jaca pra pegar o doc de volta !!!

Reply
Arnaldo 16/07/2020 - 15:45

Porque só os taxistas tem isenção para compra de veículos novos? Poderia ser estendido também para os caminhoneiros autônomos e sem tanta burocracia,iria facilitar bastante.

Reply
Jairo Alves da silva 16/07/2020 - 13:10

Cadê o nosso governo que nos apoiamos faça valer libera o financiamento com menos burocracia enquanto isso transportadoras só levam a melhor

Reply

Escreva um comentário