Qual o caminhão mais potente do mundo?

por Blog do Caminhoneiro

A resposta para a pergunta do título desse texto é DEPENDE. Mas depende do que? Em primeiro lugar, do tipo de veículo.

Recentemente, a Scania apresentou sua nova linha de motores de 16 litros, com 8 cilindros em V, com potência máxima de 770 cavalos e torque de 3.700 Nm. Essa nova linha Scania, composta dos modelos R 770 e 770 S é a mais potente do mundo, no segmento rodoviário com produção em série.

Mas existem ainda modelos mais potentes, fora das estradas ou em produção limitada.

Um dos caminhões com potência maior que o Scania nas estradas é o Nicolas Tractomas. Esse gigante é usado para operações de transporte de cargas excepcionais, com linhas de eixo, transportando acima de 200 toneladas de peso. Somente o cavalo-mecânico pesa 40 toneladas.

O motor desse gigante tem 27 litros de cilindrada, com 12 cilindros em V, e é fabricado pela Caterpillar, com 1.000 cavalos de potência. Ele pode transportar cargas com até mil toneladas, mas a produção era totalmente limitada. Tanto, que devido aos custos, a empresa parou de fabricar o modelo. Hoje a Nicolas se dedica somente à produção de carretas e linhas de eixo para cargas indivisíveis.

O caminhão fora de estrada mais potente do mundo é fabricado na Rússia. O BelAZ 75710 é um fora de estrada gigantesco, com dois eixos e oito pneus, medindo mais de 8 metros de altura, 20 de comprimento e 10 de largura.

Esse monstro é equipado com dois motores MTU DD 16V4000, com 65 litros de cilindrada, 16 cilindros em V, e potência de 2.300 cavalos, com torque de 9.313 Nm cada um. Isso totaliza 4.600 cavalos de potência, com torque de 18.626 Nm. Esses motores funcionam como geradores elétricos, alimentando os motores das quatro rodas.

Ele pesa 360 toneladas vazio, e pode transportar até 450 toneladas de peso, chegando a 810 toneladas de PBT totalmente carregado.

Com apenas um motor, o caminhão fora-de-estrada mais potente do mundo é o Caterpillar 797F. Ele é fabricado com o Caterpillar C175-20, um motor imenso, com 105 litros de cilindrada, 20 cilindros em V, com quatro turbos também enormes, e potência de 4.000 cavalos. Como no modelo da BelAZ, esse motor funciona como um gerador elétrico.

Ele mede 15 metros de comprimento, com 9,7 metros de largura e quase 8 metros de altura. O CAT 797F pode transportar 400 toneladas de carga, e pesa 223 toneladas vazio.

Existem também outros modelos, voltados à competições e etc., que até podem ter potências acima dos 1.000 cavalos, mas não são produzidos comercialmente, e não contam nesse caso.

Por isso, o título de caminhão rodoviário de produção em série continua com a Scania, pelo menos por enquanto.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

4 comentários

Vladimir Chekhuta 19/10/2020 - 11:42

BelAZ brand from Belarus. It is not Russia! Your’s CAT with load 400t mean USt. This is only 360 metric tons. 450t of BelAZ is metric.
Also there is interesting MZKT plant. They issued truck-tractor MZKT-741351 for desert transport. This vehicle uses 812 hp Caterpillar C18 and Allison transmission.

Reply
Celso 18/10/2020 - 07:32

E o volvo vnl 860 americano não conta?

Reply
Blog do Caminhoneiro 18/10/2020 - 12:37

860 é o tamanho da cabine, não potência

Reply
Hermínio 17/10/2020 - 12:22

Gosto de saber das novidades

Reply

Escreva um comentário