Transportadoras do Reino Unido compram 2.250 caminhões Scania em único pedido

por Blog do Caminhoneiro

A Scania Grã-Bretanha recebeu recentemente seu maior pedido realizado por um único cliente. O Consortium Purchasing fechou um contrato para aquisição de 2.250 caminhões, que serão entregues até o final de 2022. Esse consórcio é uma operação da GreenWhiteStar Acquisitions, que possui diversas empresas, entre elas a gigante do transporte Eddie Stobart, e da AW Jenkinson Forest Products.

“A última geração de veículos da Scania – que operamos há três anos – dá continuidade à longa tradição de serviço excelente, confiabilidade e bom desempenho de combustível que esperamos da marca”, disse William Stobart, presidente executivo da GreenWhiteStar Acquisitions.

Os caminhões, de todas as linhas oferecidas pela Scania, serão entregues por apenas duas concessionárias do Reino Unido, a Haydock Commercial Vehicles Limited e a Graham Commercials Limited.

1.125 caminhões serão destinados às operações rodoviárias da empresa Eddie Stobart, e o restante será usado pelas empresas AW Jenkinson Forest Products e WS Transportation Limited, que também faz parte do consórcio.

De acordo com as empresas, esses caminhões irão rodar por três anos, antes de serem revendidos, e a Scania, além da venda dos veículos, ficará responsável por todos os serviços de manutenção preventiva e corretiva necessários, que serão realizados nas concessionárias da marca no Reino Unido.

Esse é o sexto grande pedido realizado pela Eddie Stobart e outras empresas do consórcio, com dois lotes de 1.000 unidades em 2010 e 2012, 1.500 unidades em 2014, 2.000 em 2016 e 2.100 em 2018.

“Estamos imensamente orgulhosos de relatar notícias tão positivas neste momento. Durante nossas negociações, William e Allan foram extremamente elogiosos sobre o relacionamento especial que existe entre a Scania e suas empresas, e tem feito isso há anos. Agora esperamos cumprir o pedido e trabalhar com as equipes do consórcio para entregar o melhor serviço possível e o custo total de operação para cada um dos veículos deste acordo”, disse o diretor de vendas da Scania no Reino Unido, Vincente Connolly.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

Artigos relacionados

4 comentários

Evandro Oliveira De Freitas 15/01/2021 - 18:19

Quantos postos novos de trabalho irá abrir ?
Terá tanta mão de obra para operar?

rafael silva de carvalho 14/01/2021 - 03:31

REINO UNIDO (INGLATERRA)

Clodoaldo 11/01/2021 - 17:45

Pensei que não tinha Scania nos Estados Unidos?

Fabiano ribeiro aouza 11/01/2021 - 14:25

Otimo blog

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: