Holanda não autoriza o uso de rodotrens em suas estradas públicas

Os rodotrens holandeses, chamados de Super EcoCombi (SEC), com 32 metros, tiveram os testes suspensos e não serão autorizados à circular em rodovias públicas da Holanda. De acordo com a autoridade de trânsito no país, existem muitos riscos e problemas associados à condução desses veículos extralongos.

Os Super EcoCombi são caminhões com dois implementos, de 13,6 metros cada um, engatados entre eles por uma dolly, com dez eixos no total, usando cavalos-mecânicos 4×2, que totalizam 32 metros de comprimento.

Os testes se dão pelo fato desse tipo de composição conseguir atingir uma grande redução das emissões de poluentes, como o CO2 na atmosfera, que chegam a ser reduzidas em cerca de 40%, o que pesa a favor desse tipo de combinação, já que a redução é obtida de forma imediata, com um investimento considerado baixo.

Além da Holanda, testes com esses implementos acontecem na Finlândia, Suécia e Espanha, para citar alguns exemplos.

Na rodovias de grande porte, esse tipo de veículo não oferece muitos problemas de circulação, mas em estradas mais antigas, rodovias secundárias e regiões próximas às cidades, o tráfego de veículos acaba sendo afetado negativamente pelos Super EcoCombi.

Entre os problemas apontados estão a invasão da faixa oposta de tráfego para realização de manobras em esquinas e curvas fechadas, por exemplo, dificuldade para entrar e sair de postos de combustíveis e também o arrasto excessivo dos pneus em manobras, o que pode ser danoso ao pavimento.

Além disso, trechos onde veículos com 25 metros circulam sem problemas precisariam ser modificados para a rodagem dos modelos de 32 metros, principalmente onde existam rotatórias.

Os testes foram encerrados, e o governo e transportadores holandeses que investiram nos Super EcoCombi irão ter uma nova rodada de negociações para tentar elaborar um novo projeto.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!

Caminhoneiros estão cada vez mais procurados pelas transportadoras Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA Eficiência dos motores diesel chega a um novo patamar Projeto quer acabar com valores de fretes muito baixos Montagem de caminhões no Brasil segue em alta