Mais de 2.000 caminhões novos da DAF esperam por chips na Europa

por Blog do Caminhoneiro

Uma cena curiosa foi registrada na Holanda, na região de Son, onde fica a empresa De Rooy, que está alugando seu pátio para a DAF estacionar milhares de caminhões novos que não funcionam. O motivo é somente um: Faltam os chips eletrônicos que controlam a caixa de câmbio dos veículos.

A DAF está sofrendo para finalizar a montagem de seus caminhões, assim como diversas outras montadoras no mundo, devido à falta de chips.

Usar o pátio da empresa De Rooy para estacionar os caminhões que esperam pelos componentes em falta foi uma das formas que a montadora encontrou para desafogar sua linha de montagem e continuar a produzir caminhões, de forma que, quando os chips chegarem, basta conectá-los aos caminhões para finalização da montagem e entrega aos clientes.

Para chegar até o pátio da empresa De Rooy, os caminhões são equipados com os chips, de forma temporária. Quando são estacionados, a unidade é removida do caminhão e usada em outro veículo, para que possa sair da linha de montagem.

De acordo com Gerard De Rooy, gerente do pátio de caminhões, mais de 2 mil modelos DAF estão estacionados no local, com mais veículos chegando a cada hora. O pátio tem capacidade total pouco acima das 3 mil unidades.

Para adequar a produção de veículos, muitas montadoras tem realizado paradas programadas na produção, como forma de esperar novos chips serem entregues.

De acordo com a DAF, as entregas dos chips, apesar de atrasadas, devem ser normalizadas em poucas semanas, e todos os caminhões no pátio da empresa De Rooy seguirão para os proprietários.

O problema é que muitos transportadores estão esperando seus veículos encomendados há várias semanas, e, cada atraso na entrega de chips causa um atraso ainda maior na produção, com mais tempo sendo levado para o veículo chegar às mãos dos proprietários.

Rafael Busque – Blog do Caminhoneiro | Foto: ED.NL

COMENTAR

Artigos relacionados