Fabricante de açúcar cria ranking ambiental para transportadoras

por Blog do Caminhoneiro

A gigante Copersucar, maior comercializadora de açúcar e etanol do mundo, criou um sistema de rankeamento para as mais de 110 transportadoras que realizam o transporte de mais de 6 milhões de toneladas de açúcar por ano pelo Brasil e para o Porto de Santo, com destino a outros países, visando premiar as empresas que tiverem o melhor desempenho em sustentabilidade, segurança, performance de atendimento, de aderência a contratos e desempenho de entregas. Entre os requisitos, estão as emissões de gases do efeito estufa.

Para Maria Cláudia Trabulsi coordenadora de Sustentabilidade da Copersucar, a proposta é valorizar as transportadoras que atendem diferentes critérios de qualidade e incentivar as modificações em seus processos, encorajando a melhoria contínua da gestão interna e a busca por resultados melhores e mais sustentáveis.

“Acreditamos que toda a nossa cadeia precisa estar conectada. Já adotamos os mais importantes critérios ambientais nas usinas sócias da companhia e agora precisamos utilizar esta experiência para impulsionar empresas de outros setores complementares a seguir o mesmo caminho”, completa.

Uma das empresas que se destacam nesse ranking é a Transportadora Guardia Eireli. Nos últimos meses, a empresa renovou boa parte da sua frota de mais de 60 caminhões, proporcionando uma melhor adequação ambiental ao reduzir a média de consumo de combustível e utilizar filtros não poluentes. Além disso, os constantes treinamentos dos seus colaboradores focados em segurança viária contribuíram para que a empresa não registrasse nenhum acidente nos últimos dois anos.

“Nossa longa experiência no mercado nos permite entender a complexidade da logística, seus riscos e os impactos que podem ter nos processos internos dos contratantes. Buscamos na tecnologia de informação as ferramentas que nos permitem realizar tomadas de decisões ágeis e confiáveis”, comenta Sandra Rodrigues, diretora da transportadora. Ela ainda ressalta que a empresa já está construindo uma caixa separadora para reutilizar a água das lavagens dos caminhões.

Outra transportadora que se destaca pelas boas práticas é a Rodomarco. Em 2020, a empresa conquistou a certificação SASSMAQ (Sistema de Avaliação em Saúde, Segurança, Meio Ambiente e Qualidade) que atesta a segurança, rapidez e eficiência no transporte de cargas em todos seus processos, avaliando os impactos sobre o meio ambiente.

“Esta certificação é muito mais do que um selo, é o nosso compromisso de estar à frente em relação à garantia de procedimentos mais estruturados e focados na melhoria contínua. A nossa operação tem uma atenção especial nesse sentido, com uma forte política de sustentabilidade, incluindo o gerenciamento de resíduos”, conta Danielle Martendal de Castro, gestora da companhia, que possui uma frota de 70 veículos pesados próprios com idade média inferior a cinco anos.

Ela explica que a transportadora trabalha com a logística reversa de baterias, pneus, sucatas e óleo, além de já realizar o reaproveitamento da água das lavagens dos caminhões e fazer o controle de fumaça preta dos veículos.

“A cada três meses nós aferimos a emissão de gases de efeito estufa da nossa frota com o objetivo de controlar e reduzir os impactos ao meio ambiente”, completa a executiva.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!