Volkswagen vende 100 caminhões elétricos em apenas um mês

Os caminhões elétricos Volkswagen e-Delivery, de 11 e 14 toneladas, foram lançados no mês passado. Passadas somente quatro semanas, a Volkswagen comemora a venda de 100 unidades das duas versões para clientes de todo o país.

“Estamos muito satisfeitos com o entusiasmo do mercado brasileiro pelas novidades. As vendas recentes incluem os primeiros negócios com a Coca-Cola Femsa Brasil, de 20 unidades, e a JBS, que adquiriu seu primeiro caminhão elétrico VW. Outros cem e-Delivery previamente negociados serão entregues à Ambev até o final deste ano. Vale lembrar que a cervejaria manifestou a intenção de compra de 1.600 caminhões elétricos de nossa marca até o ano de 2025”, diz Roberto Cortes, presidente e CEO da montadora.

“Clientes e concessionários se entusiasmaram com a proposta, que une a mais moderna tecnologia de transporte a um completo ecossistema que garante recarga, assistência técnica e busca do melhor custo total de propriedade. Nossa rede já está sendo treinada para o pós-vendas dos e-Delivery em cidades como São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR), Goiânia (GO), Recife (PE), Cuiabá (MT) e Belém (PA)”, explica Ricardo Alouche, vice-presidente de Vendas, Marketing e Serviços.

Detalhes do e-Delivery

e-Delivery 11 toneladas 4×2

Equipado com um motor que entrega 300kW com torque máximo de 2.150 Nm desde a rotação zero, e com suspensão pneumática de série.

Atende às mais variadas aplicações urbanas e conta com seis módulos de bateria ou, opcionalmente, três módulos, de acordo com a autonomia necessária à operação. Tem peso bruto total de 10.700 kg e sua capacidade máxima de carga útil, somada à carroceria, chega a 6.320 kg.

e-Delivery 14 toneladas 6×2

Com calibração minuciosa para operação severa, seu motor também entrega 300kW e torque de 2.150Nm desde as primeiras rotações. A suspensão pneumática permite suspender um dos eixos para ainda mais economia na operação.

Também versátil em suas aplicações, recebendo seis ou três módulos de bateria conforme encomenda. Tem peso bruto total de 14.300 kg e sua capacidade máxima de carga útil, somada à carroceria, chega a 9.055 kg, a maior de sua categoria em elétricos do Brasil.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!

Auxílio de R$ 1.000 para caminhoneiros é aprovado Conheça os detalhes do projeto Roda Bem Caminhoneiro Scania já teve 13 séries especiais no Brasil Conheça a nova série especial da Scania O Royal Eagle é um Scania 143 como você nunca viu