VÍDEO – Caminhões arqueados são tema de reportagem da TV Record

O programa Domingo Espetacular, da TV Record, publicou uma reportagem sobre os caminhões arqueados, centralizada em um grava acidente ocorrido próximo à Curitiba, onde o filho bateu seu caminhão contra a traseira do caminhão do pai.

No acidente, faleceu o caminhoneiro e sua esposa, após a cabine do caminhão que estavam atingir a traseira elevada do caminhão do pai. A carroceria do veículo da frente atingiu o para-brisa do segundo caminhão no engavetamento.

A alteração, conhecida como traseira arqueada, é até permitida pelo Contran, mas tem regras a serem seguidas. De acordo com o órgão, a altura máxima de elevação da traseira de um caminhão deve ser de 2 graus, o que se traduz em 3,5cm de elevação por metro da longarina.

No caso de um caminhão com 12 metros de comprimento, a altura máxima da elevação da ponta traseira do chassi em relação à ponta dianteira será de 42 cm, e o veículo deverá passar por inspeção em posto credenciado pelo Inmetro, passando a contar com a observação da alteração no documento.

Assista a reportagem na íntegra

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Rafael Brusque - Blog do Caminhoneiro

Nascido e criado na margem de uma importante rodovia paranaense, apaixonado por caminhões e por tudo movido a diesel.

2 thoughts on “VÍDEO – Caminhões arqueados são tema de reportagem da TV Record

  • 06/02/2022 em 21:27
    Permalink

    Não aparece os índices,porque esses aloprados são poucos ( graças a Deus). Isso é uma geringonça, desnecessária, uma guilhotina no pescoço dos colegas de estrada, onde a traseira do caminhão dá na testa de quem bateu atras.Sem chance!

    Resposta
  • 03/02/2022 em 12:10
    Permalink

    Sobre os acidentes com veiculos pesados gostaria de saber os índices percentuais e índices percentuais proporcionais à frota em comparação à outros veículos. Não fica claro no Brasil os reais problemas do transporte e se não se tem fatos e dados não se gerencia, dando tiro no escuro e atacando a causa mais propagandeada que induz mas nem sempre resolve. Sentimentalmente vemos que quase sempre nos acidentes estão envolvidos veículos pesados. Sem culpados o fato é precisamos resolver esta matança e o primeiro passo é colocar as cartas e armas na mesa. Bom pra todos e que esperam encontrar suas famílias, do lado do gerador do acidente e também do acidentado.

    Resposta

Deixe um comentário!

Volvo FH 540 é o caminhão mais vendido do Brasil Conheça o NIKOLA TRE movido a hidrogênio Caminhões comemorativos viram febre entre transportadoras Centenas de vagas de emprego para caminhoneiros Conheça o super caminhão futurista da Peterbilt