Madeireiras do estado norte-americano do Maine poderão contratar motoristas estrangeiros

por Blog do Caminhoneiro

Por lei, as empresas madeireiras do estado do Maine, nos Estados Unidos, eram proibidas de contratar motoristas de outros países para a realização de viagens dentro do estado. Na última semana, um juiz federal do estado bloqueou essa lei, permitindo a contratação de estrangeiros no estado.

Dentro do estado, a lei havia sido aprovada no início de 2021, quando entrou em vigor. Os legisladores estaduais acreditavam que a permissão para contratação de estrangeiros poderia limitar a contratação de motoristas de dentro do estado, roubando os empregos dos cidadãos do Maine.

Para o juiz do Tribunal Distrital dos EUA, John Woodcock, a preocupação com os empregos é legitima, mas a proibição da contratação de trabalhadores imigrantes, que usam o visto H-2A, não é uma forma constitucional de agir.

Para as empresas madeireiras do estado, a proibição da contratação de estrangeiros criou um grande problema, já que a população do Maine não tem interesse em operar caminhões no transporte de madeira. Isso causou uma grande falta de profissionais no setor.

Geralmente, dentro do Maine, um estado que fica no nordeste dos Estados Unidos, boa parte dos motoristas contratados são canadenses, que obtem o visto H-2A com facilidade.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!