Coluna Mecânica Online – Quais os problemas mais comuns nos carros atuais e como evitá-los?

por Blog do Caminhoneiro

Você é um motorista raiz ou gourmet? Essas expressões só mudam o título, mas o conteúdo no final é o mesmo e por isso, vou resgatar um pouco do objetivo dessa coluna, ou seja, ser raiz, abordando os problemas mais comuns em carros para você não ser pego de surpresa, literalmente seremos mecânica on-line, a coluna que ficou entre as três mais admiradas pela imprensa automotiva em 2022.

Não fique apenas dependente do mecânico. O motorista precisa estar atento a alguns sinais, além de praticar a manutenção preventiva. Uma boa dica é ter sempre à mão o telefone do seu seguro para evitar que você fique na estrada em caso de imprevisto.

Os danos ao veículo tendem a ser progressivos, por isso cuidar de pequenos reparos de baixo custo pode impedir milhares de reparações futuras.

E é claro que manter um carro em boas condições é fundamental para assegurar que você e sua família não corram riscos tanto na cidade quanto na estrada.

Não basta apenas conhecer os problemas mais comuns nos carros, mas também algumas dicas de segurança no trânsito para que você fique bem informado e atento no dia a dia.

Parece que não, mas a falta de combustível é um problema comum em muitos veículos, também com esse preço tão alto! Apesar de normalmente não acarretar grandes prejuízos ao automóvel, pode ser um problema difícil de ser solucionado no meio da estrada, devido à pequena quantidade de postos de combustíveis nas rodovias. Para que você não corra o risco de ficar no meio do caminho, é fundamental seguir à risca estas dicas:

• certifique-se de que o marcador do automóvel está funcionando bem. Caso o ponto demore para descer, ou se está descendo rápido demais, talvez haja um problema na bomba;
• a marcação de ¼ de combustível deve ser sempre considerada como indicativo para abastecer no próximo posto;
• evite postos com procedência duvidosa, afinal de contas, o produto fornecido pode estar alterado.

Lembro de um problema que atingia a Brasília da nossa família, o superaquecimento do motor, que é um grande problema, e seu conserto pode ser bem caro e complexo. O motor de um veículo funciona de maneira correta com uma temperatura média de 92°C. Quando passa desse valor, o sistema de arrefecimento entra em ação usando a circulação da água (com aditivo) para amenizar o calor do motor a partir do radiador.

O problema ocorre quando não há uma circulação de água adequada ou qualquer outro defeito que interfira no funcionamento do sistema de arrefecimento. Apesar de exigir o acompanhamento de um profissional, há algumas ações que você pode tomar para se prevenir. Confira:

• verifique o ponteiro que marca a temperatura. Se ele chegar no vermelho, pare o veículo imediatamente;
• complete o nível de água do motor. Porém, caso tenha que fazer isso diversas vezes em um curto período de tempo, pode ser um aviso de que há algo errado;
• fique atento às mangueiras internas. Caso alguma esteja estufada, pode haver uma má circulação da água.

Outro problema que acontece em maior quantidade é a pane elétrica que pode atingir o alternador ou mesmo a bomba de combustível, por exemplo. Contudo, há medidas que o dono do veículo pode tomar para se prevenir, tais como:

• verificar se há sinais de dificuldade para ligar o automóvel;
• observar se acontece alguma redução das luzes ao dar a partida no carro;
• conferir se a correia do alternador não está esbranquiçada ou desfiando.

A maioria das baterias de automóveis deve durar aproximadamente 3 anos ou então 80 mil km. Uma bateria descarregada é, em geral, causada por amperes que se reduzem naturalmente à medida que o produto perde sua capacidade de manter uma carga.

Um sensor de temperatura da bateria, o alternador danificado ou outros componentes do sistema de carregamento podem acelerar esse problema. O ideal, portanto, é substituir a bateria do seu veículo no período indicado pelo fabricante, mesmo que não esteja apresentando sinais de danos.

É bem comum vermos carros parados no acostamento das estradas por causa de pneus furados. Normalmente, esse é um dos problemas que mais acontecem durante uma viagem. Você pode evitar esses incidentes com atitudes bastante simples. Vejamos:

• analise se os pneus estão com bolhas, se estão carecas ou se apresentam desgastes irregulares. Tais falhas deixam os pneus mais vulneráveis a perfurações e cortes;
• reduza sempre a velocidade em pistas esburacadas e mal conservadas. Dependendo do impacto, os pneus podem estourar facilmente;
• verifique a calibragem dos pneus constantemente, inclusive a do estepe.

Pneus velhos, carecas ou antigos devem ser trocados. Lembre-se de que os pneus também têm prazo de validade, mesmo que o carro rode pouco ou que os pneus estejam guardados. A validade e a aparência podem comprometer o uso dos pneus, que podem até desmanchar.

Certamente você sabe que é melhor prevenir do que remediar, não é mesmo? Apesar de parecer uma dica bastante óbvia, nem todo mundo procede à revisão do carro periodicamente. Então, siga estas dicas:
• sempre considere ir a um mecânico de confiança quando notar algo diferente no seu veículo;
• faça uma revisão antes da viagem;
• cumpra todas as revisões programadas. Essa atitude vai tornar os dois passos anteriores mais efetivos e ágeis.

É importante destacar uma ótima opção de manutenção e revisões para garantir que seu carro esteja sempre pronto para o uso.


Tarcisio Dias – Profissional e técnico em Mecânica, além de Engenheiro Mecânico com habilitação em Mecatrônica e Radialista. Desenvolve o site Mecânica Online® (mecanicaonline.com.br) e sua exclusiva área de cursos sobre mecânica na internet (cursosmecanicaonline.com.br), uma oportunidade para entender como as novas tecnologias são úteis para os automóveis cada vez mais eficientes.

Entre os três (TOP 3) +Admirados Influenciadores Digitais da Imprensa Automotiva.
Entre os cinco (TOP 5) dos +Admirados Jornalistas da Imprensa Automotiva.
Premiado (TOP 3) na categoria Automotivo e Motociclismo da 7ª edição do Prêmio Especialistas.

Deixe um comentário!