Governo Federal lança oficialmente o programa para renovação de frota de caminhões

por Blog do Caminhoneiro

26%, ou o equivalente a 900 mil caminhões do total da frota brasileira, estimada em 3,5 milhões de veículos pesados, tem mais de 30 anos de fabricação, de acordo com dados da Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran). Para tentar mudar essa realidade, o Governo federal criou o Programa de Aumento da Produtividade da Frota Rodoviária no País, chamado de Renovar, que foi lançado nessa sexta-feira, por meio de uma Medida Provisória.

O texto, assinado em conjunto pelos ministérios da Infraestrutura, da Economia e de Minas e Energia, tem por objetivo retirar de circulação veículos que não atendam aos parâmetros mínimos de segurança, emissão de poluentes e eficiência energética estabelecidos pela regulamentação nacional e internacional. Os valores a serem pagos pelo Governo aos proprietários dos caminhões antigos não foram divulgados.

Proprietários de caminhões, ônibus, microônibus e implementos rodoviários fabricados há mais de 30 anos poderão aderir ao programa, de forma voluntária. Os caminhões antigos destinados ao programa serão encaminhados para desmontagem ou destruição, em empresas parceiras. Inicialmente, apenas os Transportadores Autônomos de Cargas poderão aderir ao programa.

De acordo com o Ministério da Economia “o Governo Federal destinará, por meio de suas ações, recursos para a recompra dos caminhões em final de vida útil. Em contrapartida, o setor privado poderá oferecer de maneira complementar aos benefícios públicos, produtos e serviços (crédito cooperativado, garantia estendida, revisões, seguros, consórcios etc.) que poderão ser usufruídos pelos beneficiários do programa na aquisição de veículos novos”.

Com o programa, o Governo Federal espera destinar veículos antigos para reciclagem, reduzindo custos da logística no país, aumentando a competitividade e eficiência nos transportes, contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos profissionais das estradas e para alcançar as metas previstas no Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito – Pnatrans.

Ainda não se sabe exatamente quando o programa começará a funcionar, já que é necessária a regulamentação do texto e inicio da operação da Plataforma Renovar, onde serão registrados os usuários habilitados no programa e os veículos que foram baixados.

Para facilitar as operações de baixa dos veículos, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran), poderá editar procedimentos mais simples para a baixa definitiva do registro dos caminhões destinados ao sucateamento, dentro do programa Renovar.

Veja o texto da Medida Provisória Nº 1.112, de 31 de Março de 2022, clicando aqui.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

44 comentários

Maurício da costa Miranda 17/04/2022 - 10:46

Então eu sou altonomo a mais de 25 anos nunca consegui crédito para comprar um caminhão novo . mas queria ter essa oportunidade mas que seja uma prestação mínima e justa de acordo com a nossa realidade . mas prestem atenção que o programa é voluntário não é obrigatório . blz

Reply
roni 15/04/2022 - 18:20

Concordo com você irmão,ninguém faz nada para ajudar o autônomo é só exploração e mais nada.

Reply
Silvanio Ferreira. 12/04/2022 - 07:37

Com o combustível caro o valor do frete uma vergonha, como vamos conseguir pagar as parcelas, se não está dando pra pagar nossas contas mais urgentes? Não podemos aceitar, pode até comprar mais na segunda parcela atrasada levam o caminhão embora.

Reply
Carlos Eduardo de Oliveira de Oliveira 11/04/2022 - 16:30

Espera ai! Quem disse que essa medida é para ajudar autonomo??? Essa medida é para retirar os caminhoes antigos devido as normas de poluicao mundial e ponto final. Tolo quem dara seu sustento por 30 mil ou que valor que for e depois vai ficar olhando para as paredes.
Simples assim nao é para ajudar ninguem e sim cumprir normas de poluicao e é logico arrecadar mais dinheiro em cima do autonomo… Carro velho nao paga ipva e outros impostos.

Reply
Marcos Henrique Pereira Silva 09/04/2022 - 05:27

Eu até concordo, porém que ao adquirir um veículo novo que a prestação não passe de 2500 reais para cavalo mecânico

Reply
Gilson José da cruz 05/04/2022 - 09:12

Eu acho engraçado uma coisa eu se fosse esse pessoal parava de querer empurrar as coisas de guela a baixo no autônomo que diminuír os automos compra o caminhão dele pelo preço correto ou quase e aposenta ele com um salário diguino para ele sobreviver agora lança esse plano e quer dar essa miséria para o povo vá se orientar motorista autônomos acorda reaja por quando vcs quiserem acordar será tarde ok por Ka Gilson Mazzaropy

Reply
ERMISON RESENDE DE OLIVEIRA 05/04/2022 - 07:39

Tomara que não seja igual os créditos do BNDES.
Até hoje não vi nenhum autônomo que conseguiu crédito no BNDES.
Os bancos nunca tem nada pra informar sobre o programa
Lamentável

Reply
Juliano costa santos 04/04/2022 - 21:16

Papo reto, nada contra a categoria pelo amor de Deus, mas os taxistas não tem isenção de 30% a 40% sobre o veículo Zero deles, porque não para o caminhoneiro que movimento a economia do país, aí sim seria uma ajuda boa.

Reply
Marcossb 04/04/2022 - 21:15

Como o dinheiro pra manutenção que ia liberar pro caminhoneiro autônomo e até hoje nada tabela de frete que nunca cumpriu ponto de abastecimento pro caminhoneiro autonomo com diesel isento de imposto só balela doido e quem vai entregar um caminhão por 30.000 de entrada em um de 600.000 sem saber si o governo vai cumprir o que promete só mentiras

Reply
Lázaro Teodoro Garcia 04/04/2022 - 20:57

Tem que pagar no mínimo o preço de mercado, e tirar os impostos do caminhão novo, e parcelar por parcelas fixas por pelo o menos uns. 15 a 20 anos…

Reply
Antonio 04/04/2022 - 20:28

O governo deveria no meu ver voltar com o plano renovar como houve no governo do estado de são Paulo em 2013 , onde financiou o valor quase total de Caminhão zero sem juros .
Dessa maneira sim valeria a pena entregar o caminhão velho pra ser destruído como eu entreguei o meu na época.

Reply
Ezequiel 04/04/2022 - 20:10

] Só Licenças TO PA E ANTT: Boa tarde !Trabalhamos com emissão de: AET autorização especial de trânsito – (licenças)
TOCANTINS , Pará PA etc…
TO PA E ANTT: Autorização especial de trânsito . Mato grosso x colinas do Tocantins .

Reply
Luiz Antônio Peixoto dos santos 04/04/2022 - 19:58

Deveria é criar uma bolsa de frete. Todo camioneiro só carregar pela bolsa e a empresa transportadora etc só contrata através da bolsa.com tabela suficiente pra todos ganhar. Como o fretebras mas com tabela. a empresa que contratar sem passar pela bolsa multa alta nela. Assim tiramos os lucros exorbitante dos atravessadores que nem caminhão tem.

Reply
Enilson oenning 04/04/2022 - 19:19

Mais a verdade que tem senhores com mais de 65 anos na boleia porque ganha um salário minino e não consegue sobreviver e obrigado a viajar mesno com dificuldade de visão e pouco reflexo.tenho 36 anos de autônomo to vendo os meu,trabalho ficar inviável com os baixos frete e óleo preco alto .muinta jente lavando dinheiro de suas empresa do caninhao .vejo um único caninho igual os ônibus haviam travar Mtt. Só compra novo substituindo com a ntt. Só seni novo aí demoraria a frota .ve sexta onibus velho em linhas .as fábricas venderiam p mesno quantia só que para,os,ramo .

Reply
José 04/04/2022 - 18:40

Comentários lúcidos, este governo serve apenas aos muito ricos. O Brasil virou terra de cegos, só assim para explicar a admiração e valorização das ações do ministério da infraestrutura, gente de um único olho.

Reply
Cristóvão Rogério Amaral da Silva 04/04/2022 - 18:29

Pois é rico não anda de caminhão más anda de táxi aí o taxista tem isenção de impostos facilidade na compra do carro novo e ainda pôde trocar dentro de um prazo curto estabelecido pelo governo porque não fazem a mesma coisa com o transportador autônomo fica a dica

Reply
Ailton Aparecido Rodrigues da Silva 04/04/2022 - 15:58

Eu com 3 caminhão novos depois dessas altas do pedágio e diesel não estou dando conta de pagar mais será que o governo vai ajudar nos que estamos na beira da quebradeira, vamos todos quebrar não tem jeito…. Até o Fretebras está mandando fazer as contas antes de pegar o frete…..

Reply
Daniel Pontes 04/04/2022 - 15:18

Concordo com quase todos os comentários. E dou minha opinião, se realmente querem manter os empregos dos caminhoneiros a solução é simples, compra o caminhão usado a preço de mercado e adota a política da agricultura familiar com juros de 6% ao ano e prazo para pagamento de 10 anos, com carência de 01 ano. Simples assim.

Reply
PAULO ANTONIO 04/04/2022 - 14:28

A ideia não seria ruim se fossem resolvidos outros problemas muito maiores : política de preços da PETROBRAS, entradas ruins , programa de financiamento de caminhões novos com juros compatíveis , segurança nas entradas , etc . Enfim … trocar esse presidente que está claro , NÃO PRESTA !

Reply
Carlos Alberto de Moraes 04/04/2022 - 13:17

O programa é oferecido, e voluntário, ninguém está sendo obrigado a nada.

Reply
zielson Almeida Santos 04/04/2022 - 13:07

Só funciona se criar o programa (Meu caminhão minha vida )vender um caminhão novo apenas para quem tem um caminhão só e subsidiado pelo governo federal
com parcelas e juros baixos por 15 anos,como fazem com as casas populares.so assim funciona.#fica a dica.

Reply
Nilson carlos 04/04/2022 - 13:03

Tá cada vez pior, a conta nunca fecha pro autônomo. Eles querem acabar com autônomo, só resta ser funcionário a um salário de mizeria e condições trabalhistas exploradoras, estamos encurralados.

Reply
Eric 04/04/2022 - 12:52

Palhaçada.
Sucata são as nossas estradas que estão um lixo.
Caminhão novo fica destruído em 1ano.
Façam a parte de vcs primeiro seus governantes inúteis depois venham cobrar algo da nossa classe sofrida .

Reply
Gilson Dias Costa 04/04/2022 - 12:34

Esse governo é um mala ele que acabar com o autônomo promessa de campanha mais uma mentira desse desgoverno vai nessa

Reply
Eric Vieira 04/04/2022 - 12:22

O golpe tá aí e cai quem quer. Venda seu veículo por 30 mil e tenta comprar um novo por 400. Você irá pagar com seus órgãos os jurus abusivos, e detalhe, governador que fica contente, arrecadação de ipva só vai subir. A pergunta é: pra que comprar um caminhão zero, sendo que com o antigo você realiza o serviço? As transportadoras não vão pagar a mais pelo frete se o veículo for novo. Já vi muitas que exigem ano, mas o valor que pagam é miserável.

Reply
Zilvan 04/04/2022 - 09:45

Trata-se de uma questão ampla para ser analisada. Os caminhoneiros realmente merecem um apoio do governo federal para aquisição de um caminhão novo, porém não basta entregar o caminhão velho por 30000 e não conseguir comprar outro, um cavalo mecânico novo passa de 500.000,00 com 30000,00 de entrada resta 470000,00 bai dividir em 470 meses para dar condição para o autônomo pagar?
Com o preço do frete muito baixo em relação aos custos, óleo diesel pneus, manutenção etc.
Enfim, o transporte rodoviário para os autônomos chegou ao fim, agora só restaram as grandes empresas, os autônomos que tiverem idade para trabalhar vão virar motoristas das empresas, os demais borracheiros, chapa ou até mesmo andarilhos perambulando pelas rodovias com um saco nas costas e um cachorro acompanhando.
A sugestão é:
Tabelar o frete de forma justa considerando detalhadamente o custos do transporte e fiscalizar para que seja cumprido pelas empresas, com isso melhorar o ganho efetivo do autônomos. Melhorando a receita do transportador autônomo, então é hora de pensar em renovar os equipamentos.
NÃO ADIANTA VENDER O CARRO VELHO SEM DIVIDA E COMPRAR UM NOVO, SEM TRABALHO PARA HONRAR O COMPROMISSO.

Reply
Milton Germano 04/04/2022 - 09:28

Quem vai querer dar seu caminhão antigo que é seu ganha pão,por troca de 30000 mil reais..Vai comprar o que?o autônomo não conseque nem fazer a manutenção do seu caminhão,vai pagar uma prestação de um caminha novo de que maneira

Reply
Eginaldo Nóbrega 04/04/2022 - 09:08

O que deveria ser feito era comprar o caminhão velho pelo preço de mercado,tirar todos os impostos do caminhão novo e financiar para o caminhoneiro autônomo a juros zero.Isso sim seria ajudar!dessa forma que tão fazendo vai empurrar o autônomo pro abismo junto com sua família!

Reply
Cavaleiro da Esperança 04/04/2022 - 09:07

Casa que falta pão todo mundo chora e todos tem razão. Vejam só, se o governo tirar os veículos antigo do mercado, os que sobrarem vão ficar mais caros….Por outro lado, os fretes podem melhorar e com menos caminhões consumindo diesel, o preço do óleo pode cair. Mas com 30 mil nas mão, nenhum autônomo vai conseguir comprar um outro caminhão. O governo deveria incentivar as fabricas a produzirem um modelo de caminhão, sem essa parafernália eletrônica e esse mundo de sensores. Um veiculo simples, com 2 tipos de motores, um de 200 HP para truck e um de 320 HP para cavalos, e que seriam vendidos sem nenhum imposto mas apenas para quem entregasse seu caminhão no programa e financiamento de 120 meses e juros de 6% a.a. Ou então, para aqueles autônomos, com mais de 50 anos de idade, trocar o caminhão por uma aposentadoria de 3 salários mínimos e a proibição de dirigir profissionalmente.

Reply
Marcos 04/04/2022 - 08:23

Só vai servir para tirar o autônomo da concorrência. Esse trinta mil vem do governo e beneficia quem vai administrar a compra da sucata. A coitado que tem um caminhão desses pega este valor só para sentir como é aposentar com salario mínimo por 22 meses. Depois acabou. Como um cidadão nesta situação vai pagar uns 10000 por mês para um truck e uns 20000 por mes para um cavalo .

Reply
Vanderley Olímpio de Almeida 04/04/2022 - 03:47

Boa noite meu nome e Vanderley minha opinião e em vês de compra o caminhão mas velho pq o governo não facilita a troca vc leva seu caminhão na revendedora e troca ele em um caminhão mas novo e fas um parcelamento com um preço em conta q todos posa pagar

Van

Reply
LOELCE TEXEIRA Locatelli 04/04/2022 - 00:33

Tinham que facilitar a compra de usados com revisão das concessionárias, e com juros acessíveis e prazo longo, assim a frota iria se renovando, comprar caminhão velho por 30 mil não vai dar em nada, quero ver arrumar crédito para um novo.

Reply
Douglas 03/04/2022 - 23:30

Pode ter certeza que agora o sistema vai fazer a vida do autônomo um inferno para empurrar o coitado para o abismo do financiamento sem fim de um caminhão zero superinflacionado, esse renovar teve grande apoio do lobista Paulo Guedes, banqueiro que só visa o lucro e exploração desse setor.

Reply
Wanderley de Brito Cerqueira 03/04/2022 - 21:48

Governo safado, mais um projeto eleitoreiro , para fazer média com os caminhoneiros em ano de eleição .

Reply
Omar 03/04/2022 - 21:38

Vai fazer igual ou pior que a Dilma. Liberou geral para aquisição de caminhões zero e depois aumentou o preço do óleo diesel. Se bem que o “bolsolero” já está com o preço dos combustíveis nas alturas.

Reply
Fabrício 03/04/2022 - 20:52

Se o cara está com um caminhão velho é porque gosta de andar no caminhão velho ou porque, depois de 30 anos trabalhando, não conseguiu comprar um novo pelo preço exorbitante que é. O cara dá o caminhão por 30.000,00 pro governo e consegue comprar nem um carro popular zero km.

Reply
Terraplenagem Hortolândia 03/04/2022 - 19:39

Bastava o BNDES não ser sacaedo como foi e passar a ser uma coisa séria e voltada para o micro empresário.

Reply
João 03/04/2022 - 16:15

Nunca vai dar certo um programa desse, vão pagar um valor irrisório no caminhão velho e custará os olhos da cara um novo, com os juros atuais vai acabar pagando três veículos

Reply
ROGERIO MOREIRA 03/04/2022 - 15:21

Antes de aderir a esse programa do governo voces precisam saber quais sao as condicoes que estao sendo oferecidas para a aquisicao de um caminhao novo.

Reply
Zeni 03/04/2022 - 15:06

Sempre que tem governo intermediando, processo econômico é prejuízo para o cidadão, até parece que eu tenho um caminhão 1983 porque é melhor que um 0km, sem condições de pagar 2 caminhões no banco e ficar com apenas um.

Reply
Marcos Silveira soares 03/04/2022 - 14:09

Ridículo esse projeto ,o autônomo vai fica pagando caminhão financiado o resto da vida ,esse 30 mil some em meio a juros , trabalhem por uma vida digna a nossos caminheiros , salário bom , estrutura ,diesel Barato , não fiquem inventando coisa sem pé nem cabeça!!!!!!

Reply
Alberto Antunes Cabral 03/04/2022 - 12:02

Duvido que paguem o valor de mercado do caminhão que vai para o desmanche!

Reply
Luiz Bernardes da silva 03/04/2022 - 11:38

E muita enganação. Se compraram ou facilitarão do financiamento.descomtando o valor do seu camihao velho.derubando os papéis q.esigem nome certo p.esre programa. POLITICA .POLITICA.NUMCA SAI DO PAPEL OK.

Reply
ANGELO 02/04/2022 - 17:46

Mais uma enganação. Vai autônomo, entrega o seu caminhão velho pro governo pra ver o que te acontece.

Reply

Deixe um comentário!