Volvo inicia operação em nova fábrica de baterias na Bélgica

A Volvo iniciou a operação de uma nova fabrica da empresa, voltada exclusivamente à produção de baterias para os caminhões elétricos da marca. A nova unidade fica em Ghent, na Bélgica.

“Este investimento mostra nosso forte compromisso com a eletrificação do transporte. Até 2030, pelo menos 50% de todos os caminhões que vendemos globalmente serão elétricos e, em 2040, seremos uma empresa neutra em carbono”, diz Roger Alm, presidente da Volvo Trucks.

Na nova fábrica, as células e módulos da Samsung SDI serão montados em baterias feitas sob medida para a linha elétrica pesada da Volvo Trucks, modelos Volvo FH, Volvo FM e Volvo FMX. A produção comercial começa no terceiro trimestre deste ano.

Prazos de entrega mais curtos e maior circularidade

Cada bateria tem capacidade de 90 kWh e o transportador pode por ter até seis baterias (540 kWh) em um caminhão. O número de baterias depende da necessidade de autonomia específica de cada operação e demandas de carga.

“Ao integrar o processo de montagem da bateria em nosso fluxo de produção podemos encurtar o tempo de entrega para nossos clientes e garantir baterias de alto desempenho, ao mesmo tempo em que aumentamos a circularidade”, afirma Roger Alm.

As baterias da Volvo Trucks são projetadas para que possam ser remanufaturadas e reutilizadas. A própria fábrica é alimentada por energia 100% renovável.

Soluções elétricas para a maioria das necessidades de transporte

Com produção de novos modelos 100% elétricos a partir deste ano na Europa, a Volvo Trucks passa a oferecer seis modelos de caminhões elétricos em todo o mundo, cobrindo desde as operações de distribuição urbana e recolhimento de resíduos até o transporte regional e obras de construção civil.

“Iniciamos a produção em série de caminhões elétricos já em 2019 e estamos liderando o mercado tanto na Europa quanto na América do Norte. Com o rápido desenvolvimento de redes de recarga e melhorias na tecnologia de baterias, estou convencido de que veremos uma rápida transformação de toda a indústria de caminhões em um futuro muito próximo”, finaliza Roger Alm.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!

Scania já teve 13 séries especiais no Brasil Conheça a nova série especial da Scania O Royal Eagle é um Scania 143 como você nunca viu T112MC – Scania desenvolveu modelo exclusivo para a Nova Zelândia Você lembra do seriado “As Aventuras de BJ” nos anos 1980?