Kenworth atualiza modelo K220 na Austrália

A Austrália é uma das poucas regiões do mundo que ainda tem caminhões norte-americanos cara-chata. Na verdade, não se tratam de modelos fabricados nos EUA, mas sim de versões produzidas na Austrália, totalmente adaptadas àquela região. Na semana passada, a Kenworth revelou a nova geração do modelo K220, derivado do K100, que começou a ser produzido nos EUA na década de 1960.

O projeto começou a ser desenvolvido ainda em 2018, e o caminhão recebeu um novo conjunto de faróis, em LED, com DRL, que podem ser envolvidas por um acabamento cromado, que é opcional. A grade dianteira também foi renovada, para melhorar a eficiência da refrigeração do motor.

Mas a maior mudança mesmo fica por conta do novo teto. O caminhão recebeu um acabamento adicional na parte superior, para melhorar a aerodinâmica, especialmente para uso com carretas tipo baú.

Janelas também são maiores, e a cabine oferece um isolamento térmico e acústico mais eficiente. Por dentro, a cabine recebeu central multimídia no painel, que traz, além de entretenimento, diversas informações sobre o caminhão.

Com o toque de um botão, o caminhão faz um autodiagnostico, e avisa o motorista se houver qualquer falha em algum dos sistemas. A ergonomia para o motorista também foi retrabalhada, oferecendo maior conforto, especialmente para descanso.

Os motores disponíveis são os Cummins X15 Euro 5 e Euro 6, acoplados a transmissões Eaton Endurant XD Pro. O caminhão já está disponível para pedidos, e é disponível para Austrália e Nova Zelândia.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!

Conheça a nova série especial da Scania O Royal Eagle é um Scania 143 como você nunca viu T112MC – Scania desenvolveu modelo exclusivo para a Nova Zelândia Você lembra do seriado “As Aventuras de BJ” nos anos 1980? Caminhões chineses são equipados com cabine de modelo da década de 1970