Austrália foi palco de um dos maiores transportes simultâneos de gado do mundo

No ano de 2011, a movimentação de uma quantidade impressionante de cabeças de gado marcou uma região da Austrália. Helen Springs, ao norte de Tennant Creek, em Northern Territory, foi palco de uma das maiores movimentações simultâneas de gado em caminhões da história.

Foram utilizados 17 caminhões do tipo roadtrain, com três carretas de dois andares cada um, totalizando 51 carretas e 102 andares. Cada carreta poderia transportar até 56 cabeças de gado.

Somando tudo, são cerca de 2.900 cabeças de gado carregadas e transportadas em poucas horas. Se cada boi pesasse 500 quilos, o peso total era de 1.450 toneladas de carga. Na época, o valor de cada boi era estimado em US$ 825, totalizando mais de US$ 2,35 milhões.

Os números impressionantes não param por aí. Cada veículo tinha 62 pneus rodando, sem contar pneus sobressalentes. Isso totaliza 1.054 pneus no chão.

Além disso, os caminhões tinham tanques de 900 litros, totalizando 15 mil litros de diesel. Na época, com o diesel a US$ 1,50 o litro, eram US$ 22,5 mil dólares só para abastecer os veículos.

O gado foi levado para ser embarcado em navios, para exportação. Não há informações sobre o destino final da carga.

Rafael Brusque - Blog do Caminhoneiro

Nascido e criado na margem de uma importante rodovia paranaense, apaixonado por caminhões e por tudo movido a diesel.

Deixe um comentário!

Caminhões comemorativos viram febre entre transportadoras Centenas de vagas de emprego para caminhoneiros Conheça o super caminhão futurista da Peterbilt 300 vagas para caminhoneiros brasileiros em Portugal CAMINHONEIRO SEGUE TRABALHANDO AOS 90 ANOS DE IDADE