Nova linha Volvo FH conta com três modelos diferentes de faróis

Em outubro do ano passado, a Volvo iniciou a produção da nova linha de caminhões FH, FM e FMX no Brasil. Os novos caminhões trouxeram uma série de mudanças em relação à geração anterior, especialmente em melhoria da eficiência de combustível.

Entre as mudanças mais perceptíveis externamente estão a nova dianteira, mais arredondada que a versão anterior do modelo, para melhor aerodinâmica, e também os novos faróis, com linhas mais finas e integradas ao para-choque do caminhão.

Os novos faróis foram projetados em forma de V, e foram movidos para que se alinhassem com as linhas das portas da cabine. Por conta dessa mudança, os indicadores de direção, piscas, foram movidos para as portas, melhorando a aerodinâmica.

Na nova versão, os caminhões podem receber três tipos diferentes de faróis, sendo um com lâmpadas halógenas, que tem um formato maior na base, e dois faróis com tecnologia LED.

Em todas as três versões existem luzes diurnas em LED, o famoso DRL, e nas versões LED há uma tecnologia anti-ofuscamento.

Essa tecnologia detecta outros veículos que venham em sentido contrário, e reduz a iluminação dirigida a eles de forma automática.

Com isso, o caminhoneiro pode dirigir com o farol alto sempre ligado, que não vai prejudicar os motoristas que seguem na outra pista.

Para funcionar, o sistema usa um radar e uma câmera, que consegue ver os outros veículos em qualquer situação.

Cada unidade de farol possui quatro refletores e 12 unidades de LED. O farol anti-ofuscamento pode ativar e desativar todas as unidades de LED individualmente em ambos os faróis para otimizar o feixe de luz que incide sobre os outros veículos.

Rafael Brusque - Blog do Caminhoneiro

Nascido e criado na margem de uma importante rodovia paranaense, apaixonado por caminhões e por tudo movido a diesel.

Deixe um comentário!

Conheça o NIKOLA TRE movido a hidrogênio Caminhões comemorativos viram febre entre transportadoras Centenas de vagas de emprego para caminhoneiros Conheça o super caminhão futurista da Peterbilt 300 vagas para caminhoneiros brasileiros em Portugal