Eixo elétrico da Randon recebe tecnologias inéditas

O e-Sys, eixo elétrico para carretas desenvolvido pela Suspensys, que faz parte do Grupo Randon, recebe uma série de tecnologias inéditas, desenvolvidas pela empresa e registrada por meio de patentes globais de invenção, que garantem que o produto se destaque frente à modelos similares desenvolvidos mundo afora.

Uma das soluções inovadoras aparece na eletrônica embarcada, registrada enquanto sistema de gerenciamento para atuação de tração auxiliar. O algoritmo foi especialmente desenvolvido pela companhia, promovendo a coleta e a proteção de dados com total segurança para a operação.

O sistema segue a norma ISO 26262, que determina o padrão internacional para segurança de sistemas elétricos e eletrônicos instalados em veículos de passeio e comerciais.

“As características do projeto, somadas ao apanhado de inovações garantidas pelos registros de patente, colocam o sistema e-Sys como único eixo auxiliar elétrico com sistema de operação independente do caminhão e que gera diminuição do consumo de combustível. Trata-se de uma contribuição significativa e de um avanço inédito no segmento de eletrificação, com a marca da companhia”, pontua Ricardo Escoboza, diretor-superintendente da Divisão Autopeças das Empresas Randon.

Carreta com inteligência embarcada

Exemplo de tecnologia exclusiva desenvolvida para o e-Sys é a aplicação do sistema de controle e sensoriamento. A eletrônica embarcada foi desenvolvida para operar o eixo de forma autônoma.

Ou seja, o algoritmo permite que a carreta possa interpretar as condições da estrada e determinar o funcionamento do sistema para a necessidade de tracionar ou de armazenar energia sem a necessidade de comunicação com o veículo trator (no caso, caminhão), ampliando e facilitando a utilização do sistema na frota.

O eixo elétrico atua na recuperação de energia gerada durante movimentos de frenagem – que é reaproveitada em momentos de necessidade de tração, como subidas e ultrapassagens e redução do tempo médio de viagem. O projeto é fruto de parceria entre Suspensys e Centro Tecnológico Randon (CTR).

“A partir do e-Sys, desenvolvemos uma carreta tecnológica, que não depende do cavalo para fornecer os comandos de operação. Outro aspecto é a acessibilidade da tecnologia, que, além de funcionar de forma separada das ações do motorista, pode ser instalada em qualquer tipo de veículo pesado, independentemente do modelo ou idade da frota. Sistemas similares são mais complexos, caros e com restrições de operação”, acrescenta Eduardo Dalla Nora, Diretor Suspensão e Rodagem das Empresas Randon.

Deixe um comentário!

Caminhoneiros estão cada vez mais procurados pelas transportadoras Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA Eficiência dos motores diesel chega a um novo patamar Projeto quer acabar com valores de fretes muito baixos Montagem de caminhões no Brasil segue em alta