Quadrilha responsável por sequestro de caminhoneiros no Sul é condenada a 243 anos de prisão

A Justiça de Santa Catarina condenou uma quadrilha que sequestrava e dopava caminhoneiros no Rio Grande do Sul e Santa Catarina com penas que totalizam 243 anos de prisão. Os cinco bandidos foram responsáveis por diversos crimes, como roubo, sequestro, extorsão e receptação, e foram julgados pela 2ª Vara Criminal de Joinville.

Os criminosos são de cidades do Mato Grosso do Sul, e também respondem por ações realizadas em Florianópolis e Itapema.

A investigação contra a quadrilha foi realizada pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Joinville.

Em apenas três meses, eles foram responsáveis por cerca de doze sequestros de caminhoneiros, usando golpes conhecidos como “falso frete”, anunciando cargas em nome de grandes empresas, com valores bem acima do praticado no mercado.

Quando os caminhoneiros chegavam aos locais combinados, eram rendidos e sequestrados, e acabavam ficando em cativeiro por até três dias.

Nesse tempo, os caminhões roubados eram levados para o Paraguai. Um dos caminhões foi recuperado em Salto Del Guairá, no Paraguai, perto da fronteira com o Mato Grosso do Sul.

Enquanto estavam em poder dos criminosos, os caminhoneiros eram dopados e obrigados a dizer para a família que estavam bem. Após o caminhão ser levado para fora do país, os caminhoneiros eram liberados, ainda dopados, para facilitar as fugas.

2 comentários

Jahlin 10/10/2022 - 12:34

Santa Catarina é fogo, no Parana tem quadrilhas agindo a decadas.

Reply
Jahlin 10/10/2022 - 12:31

Ao menos,que se saiba nao matavam.

Reply

Deixe um comentário!

Na década de 1980, caminhão elétrico já era realidade no Brasil Conheça os caminhões mais vendidos do Brasil em novembro Caterpillar apresenta caminhão gigante totalmente elétrico Caminhoneiros estão cada vez mais procurados pelas transportadoras Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA