Aprenda a calcular a distância de seguimento, para manter um espaço seguro do veículo da frente

Em longas viagens pelas estradas do país, os motoristas estão expostos a uma série de riscos, e muitos estão envolvidos com as atitudes de outros motoristas. Por isso, o melhor motorista é aquele que se adianta a qualquer situação de risco, evitando situações imprevistas com atitudes proativas.

Um dos riscos mais imprevistos é o de frenagens do veículo da frente, por conta de emergências, problemas na via ou mesmo para evitar acidentes com outros veículos. Nesse tipo de situação, o melhor é manter sempre a distância de seguimento segura, que garanta espaço e tempo suficientes para uma parada de emergência.

No caso dos caminhões, a regra precisa ser levada mais a sério ainda. Com veículos pesados, o tempo de frenagem e distância percorrida até a parada total é maior. Por isso, o espaço entre os veículos também precisa ser maior.

Para calcular uma distância segura, o motorista deve seguir algumas regras simples. Para veículos leves, dois segundos de distância do veículo da frente podem ser suficientes, mas o correto é deixar mais espaço.

No caso de veículos grandes e pesados, como caminhões e ônibus, o indicado é manter cinco segundos de distância do veículo que segue à frente, mesmo em velocidades mais baixas.

Como calcular

1. Escolha um ponto fixo à margem da via

2. Quando o veículo que vai à sua frente passar pelo ponto fixo, comece a contar.

3. Conte dois segundos pausadamente. Uma maneira fácil é contar seis palavras em sequência: “cinquenta e um, cinquenta e dois”. (você utiliza o cinquenta apenas para garantir que gastará um segundo para contar cada número).

4. A distância entre o seu veículo e o que vai à frente vai ser segura se o seu veículo passar pelo ponto fixo após a contagem de dois segundos.

Não entre no meio dos veículos

Uma atitude perigosa de muitos motoristas é colocar o veículo dentro do espaço deixado como distância de seguimento, especialmente entre caminhões.

Essas atitudes são recorrentes durante ultrapassagens, especialmente em trechos de pista simples.

Entrar no meio de veículos pode criar uma situação de muito risco, especialmente de colisões em que o veículo menor acaba sendo espremido entre dois veículos grandes.

Rafael Brusque - Blog do Caminhoneiro

Nascido e criado na margem de uma importante rodovia paranaense, apaixonado por caminhões e por tudo movido a diesel.

One thought on “Aprenda a calcular a distância de seguimento, para manter um espaço seguro do veículo da frente

  • 21/12/2022 em 10:58
    Permalink

    Muito boa matéria onde o assunto é de extrema importância pois preserva a segurança do motorista e de terceiros e deve sempre ser relembrado, porém eu acho válido e não digo que discordo do método de contar tempo entre um ponto de referencia e seu caminhão, mas acredito ter muitas variáveis neste método como: veículo vazio ou carregado?; toco, truck, carreta ou bitrem??; veículo novo ou antigo?; bom de freio ou não?? e por aí vai. Então eu como instrutor sempre digo que o motorista conhecendo seu caminhão deve sempre imaginar um cachorrinho atravessando a pista onde se o veículo que está a sua frente frear bruscamente se neste espaço daria para parar com segurança ou até mudar de pista, e com esta instrução e outras mais consegui derrubar, certamente com a ajuda e empenho dos motoristas da frota, os incidentes de duas grandes empresas.

    Resposta

Deixe um comentário!

Conheça o NIKOLA TRE movido a hidrogênio Caminhões comemorativos viram febre entre transportadoras Centenas de vagas de emprego para caminhoneiros Conheça o super caminhão futurista da Peterbilt 300 vagas para caminhoneiros brasileiros em Portugal