Mercedes-Benz inicia produção de caminhões na China com motores Cummins e caixa ZF

O maior mercado de caminhões do mundo passa a contar com os modelos Mercedes-Benz Actros, muito mais baratos e com um trem de força muito diferente do restante do planeta.

A Mercedes-Benz iniciou recentemente uma operação própria na China, passando a concorrer com marcas consagradas naquele mercado, mas com os preços muito baixos em comparação com a Europa, por exemplo.

Por isso, a empresa desenvolveu novos produtos, especialmente o Actros C, uma versão muito econômica na questão do preço, que é equipada com motores Cummins, de 470 a 580 cavalos de potência, e a caixa de câmbio ZF, diferente dos equipamentos utilizados em outros mercados.

A diferença também acontece em relação à economia de diesel. Com os novos componentes, os caminhões gastam cerca de 6% de combustível a mais, na comparação com caminhões equipados com motores Mercedes-Benz Euro 6.

Os preços iniciam em 518 mil Yuans Chinêses, cerca de R$ 399 mil, e vão até 699.800 Yuans, o que equivale a R$ 538 mil. Se os clientes quiserem, podem comprar os caminhões com motores MB, com preços mais altos, partindo de 575 mil Yuans, o que equivale a R$ 440 mil.

Além da alteração no trem de força, o caminhão tem modificações no interior, para ficar mais simples, além de contar com painel tradicional, sem telas.

 

Rafael Brusque - Blog do Caminhoneiro

Nascido e criado na margem de uma importante rodovia paranaense, apaixonado por caminhões e por tudo movido a diesel.

Deixe um comentário!

Caminhões mais potentes do mundo são chineses Conheça os caminhões mais potentes do Brasil Volvo FH 540 é o caminhão mais vendido do Brasil Conheça o NIKOLA TRE movido a hidrogênio Caminhões comemorativos viram febre entre transportadoras