Nova geração Scania Super é flagrada nos Estados Unidos

Os caminhões Scania não são vendidos oficialmente nos Estados Unidos há quase 30 anos. Entre as décadas de 1980 e 1990, a montadora sueca tentou a sorte naquele mercado, mas não se saiu muito bem.

Isso mudou recentemente, quando o Grupo Traton, que é dono das marcas Scania, MAN e Volkswagen Caminhões e Ônibus adquiriu a Navistar nos Estados Unidos, empresa que é dona da International Trucks.

De lá para cá, a troca de tecnologias entre as empresas do grupo se intensificou, e a International já usa motores criados pela Scania, chamados de CBE, ou Common Base Engine.

Na última semana, um caminhão Scania, equipado com a nova linha de motores Scania Super, foi flagrado nos EUA. O caminhão é um 500R, com tração 6×2, aparentemente fabricado na Suécia.

Ele já traz placas norte-americanas, e também, na lateral da cabine, traz a marca da Navistar e o código de transporte US DOT, exigido para veículos comerciais na terra do Tio Sam.

Possivelmente, o caminhão vai servir como laboratório de testes, visando a melhoria da linha de motores S13 da Navistar, que equipa os novos caminhões International apresentados no ano passado. Foto de US Scanias.

Rafael Brusque - Blog do Caminhoneiro

Nascido e criado na margem de uma importante rodovia paranaense, apaixonado por caminhões e por tudo movido a diesel.

Deixe um comentário!

Conheça o NIKOLA TRE movido a hidrogênio Caminhões comemorativos viram febre entre transportadoras Centenas de vagas de emprego para caminhoneiros Conheça o super caminhão futurista da Peterbilt 300 vagas para caminhoneiros brasileiros em Portugal