Justiça Federal multa em mais de R$ 6 milhões o movimento que organiza manifestação de caminhoneiros

por Blog do Caminhoneiro

Greve dos caminhoneiros - Julho 2013A 26ª Vara Federal do Rio de Janeiro determinou a penhora dos bens do MUBC (Movimento União Brasil Caminhoneiro) e do presidente do movimento, Nélio Botelho, em razão das sucessivas manifestações que interditaram rodovias federais desde segunda-feira (1º). Na decisão, a juíza Fabíola Utzig Haselof estipula uma multa de R$ 6.348.082,40 e ainda prevê o pagamento de R$ 100 mil por hora em caso de novos protestos.

Reunidos em movimentos espalhados pelo País desde a manhã de segunda, os caminhoneiros haviam anunciado que o movimento manteria os protestos, ao menos, até quinta-feira (4).

No Rio, as paralisações ocuparam as principais vias ao longo dos dois últimos dias. Na madrugada de terça-feira (2), manifestantes ocuparam a BR-101, na altura de Itaboraí, e interromperam o tráfego por cerca de cinco horas. Por volta das 12h, um grupo com ao menos 200 caminhões fechou o sentido Juiz de Fora da BR-040, na altura do km 810. Assim como ocorrera na segunda-feira, a rodovia Presidente Dutra também foi fechada na altura de Barra Mansa, pela manhã. O engarrafamento chegou a 4 km.

Motivos dos protestos dos caminhoneiros

O MUBC (Movimento União Brasil Caminhoneiro), que organiza os atos, informou que as interdições nas estradas podem durar até as 6h de quinta-feira (4). O MUBC convocou caminhoneiros, empresas e cooperativas de transporte, além de outros serviços relacionados ao setor para “promover uma paralisação pacífica de suas atividades, até que as autoridades do País apresentem soluções para as questões nacionais e do TRC [transporte rodoviário nacional]”.

Entre as principais reivindicações, a entidade quer que haja subsídio no preço do óleo diesel – combustível usado pelos caminhões –, com o objetivo de baratear o preço dos alimentos e produtos.

Os caminhoneiros também pedem que sejam isentos de pagar pedágio em todas as rodovias. A categoria também pede a criação de uma secretaria especial, ligada à Presidência da República, que trate do transporte rodoviário de cargas. Também é exigida a votação e sanção imediata do projeto de lei que aprimora a Lei do Motorista.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

9 comentários

Paulo 05/07/2013 - 21:32

Engraçado no Brasil inteiro teve protestos, manifestações, assaltos , roubos, depredações, inclusive do Itamaraty em Brasilia, fechamento de vias publicas e rodovias e ninguém ou seja nenhum FDP reclamou de direito de ir e vir e. E nenhum deles foi multado com tanto rigor, jornalzinho manipulador é o estado de sp nõ serve nem no banheiro !!!!!!!!!!

Reply
marco a. silva 05/07/2013 - 17:47

alguem sabe me dizer qdo foi esta entrevista?
Concordo xara, com certeza
Unico senador do nosso lado Rubens Figueroa.
Ela fala em renova frota , e quem quem quer começa , compra um porque nunca consegue.
alguem esqueceu de avisar ele que prou caminhoneiro so funciona pra quem tem um monte caminhao , nao pro caminhoneiro..nao pro motorista.

Reply
Marco Antonio 05/07/2013 - 15:29

Pois é, não precisa de greve, é só tirarmos 30 dias de férias todos juntos, ficar em casa sem nem ao menos ligar a tv, só curtindo a família, os filhos, aqueles que tem prestação, qdo voltar a trabalhar estarão ganhando mais um pouco, e vai cobrir as multas e juros, imagina a presidenta e os Ministros, com 15 dias pedindo ¨POR FAVOR VOLTEM DE FÉRIAS¨. AS VEZES É PRECISO PARAR PARA SEGUIR EM FRENTE. VAMOS LÁ GENTE VAMOS SAIR DE FÉRIAS !!!!

Reply
Nilsa Holzschuh 04/07/2013 - 15:52 Reply
osvino schmidt 03/07/2013 - 21:38

É uma vergonha dos nossos politicos e justiça, caros colegas e companheiros de estradas vamos sim parar, mas vamos para casa e aí sim, não prescisa de bloqueo, só indo para casa não precisa de fazer bareiras na estradas, em sim é a força nossa nossa eles vom pedir para voltar a caregar os caminhoes.

Reply
Rogerio L. kloeckner (@Roge11000) 03/07/2013 - 16:46

E governo velho vai sair no lucro ainda com essa paralisaçao, 6 milhoes, qual dos governantes vai embolsar essa quantia

Reply
valmir lugli 04/07/2013 - 10:56

olha trabalho nas estradas a quase 30 anos, nunca ficou tao ruim , fasem oque querem conosco , a descarga é a mais cara do pais no nordeste cobram até 20 reais a tonelada , os postos fiscais cheios de buracos e ainda temos que enfiar o caminhao carregado dá até do , isso quando o posto nao fica na mao contraria e ainda voçe é obrigado a atravessar a rodovia pra eles nem se sequer olhar na nota e apenas carimbar, nos postos de conbustiveis se voçe estiver com sono e nao abasteceu nao pode estacionar ou tem que pagar 15 reais e ainda nao se responsabilisam se roubarem ,horas bolas os postos nao sao redes de apoio , ou entao voçe abastece aquele oleo mais caro doque em outros lugares , em fim todos tiram uma casquinha nossa

Reply
Taborda 03/07/2013 - 13:02

Infelizmente o que o brasileiro mais sabe é reclamar!! Mas quando chega a hora de mostrar a nossa cara e dizer quem manda neste país, se esconde em suas casas, e deixam o governo fazer o que querem!!!
Vamos em frente Brasil… Chegou a nossa vez de mudar o futuro desta Nação!!!
UNIDOS SEREMOS FORTES!!!
Taborda Campo Largo

Reply
claudines vieira de almeida 03/07/2013 - 11:20

é fazem o que querem com essa categoria que carrega o brasil nas costa, + faze o que infelizmente não se une pois se assim o fizesse não teriam outra escolha, com certeza teríamos resposta satisfatória das reivindicações pois é um absurdo um pais produtor de petróleo como é o nosso brasil e ter o preço que é o combustível enquanto pais vizinho tem o preço do combustível bem mais em conta…

Reply

Deixe sua opinião sobre o assunto!