É justo protestar!

por Blog do Caminhoneiro

Greve de caminhoneiros - Brasil 2013 (39)Texto de: Jaime Alves – Repórter Pé na Estrada

No meu trabalho eu procuro ser imparcial, mas é evidente que faço uma defesa pelos direitos dos bons caminhoneiros, dos profissionais de verdade. Eu entrevisto caminhoneiros há dez anos. Já vi motorista chorar jogado à beira do acostamento com a carreta quebrada, sem nenhuma assistência da rodovia que cobra pedágio caro. Liguei para a Concessionária e em quinze minutos chegou um guincho para rebocar o caminhão e levar a um local seguro. Eu fiquei indignado com esse descaso da Concessionária, que só prestou o serviço por que um repórter ligou.

Esse descaso está em muitos lugares. A vida na estrada é cruel. Assalto, corrupção, acidente, restrição à circulação, caminhão feito de armazém, longas horas de espera, falta de estrutura para receber a esposa e o filho que acompanham o caminhoneiro, semanas sem ver a família, sem acompanhar o crescimento dos filhos de perto… E tudo isso para ganhar pouco, trabalhar muito e deixar o dinheiro no pedágio.

É preciso por um basta nisso. Pra mim a Lei do Descanso é o caminho para mudar essa situação. Sobre fazer protesto, sou a favor. É legítimo reivindicar. Sobre fechar rodovia, é outra história, porque distancia ainda mais a sociedade de uma causa legítima. Acho que o correto seria ficar em casa com a família.

Escrevo isso, por que hoje algumas pessoas imaginaram que eu critiquei as manifestações dos caminhoneiros em editorial do jornal O Estado de S.Paulo. Quem escreve é algum diretor ou articulista no espaço destinado a dar a opinião do jornal.

Eu nem trabalho no Estadão. Só leio. E como o Estadão é um importante formador de opinião, eu compartilhei com vocês o artigo “Locaute dos caminhoneiros”(Para ver a matéria original CLIQUE AQUI). Trata-se de uma crítica às manifestações. O jornal tem liberdade para criticar o que quiser, mas me pareceu bastante simbólico, pois é uma demonstração de como os caminhoneiros estão isolados neste protesto.

Alguns me cobraram por que eu não faço alguma coisa. Acontece que não sou representante dos caminhoneiros. Sou repórter. O que faço é dar voz aos caminhoneiros. Observe o trabalho que a gente faz no Pé na Estrada e me responda: algum setor da imprensa dá mais espaço para os caminhoneiros falarem do que a gente?

Domingo que vem vai entrar matéria minha sobre os protestos na Castelo Branco. Ao mostrar o lado do caminhoneiro, quem sabe a sociedade começa a entender como este profissional está cansado de ser humilhado?
Abraço a todos.
Texto de: Jaime Alves – Repórter Pé na Estrada

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

10 comentários
0

Artigos relacionados

10 comentários

Raimundo Sampaio Filho 25/09/2013 - 08:51

Acho que a mola mestra de toda essa situação é a CORRUPÇÃO, temos força para combatê-la, falta união e organização.

Reply
Elisa Helena finger 05/07/2013 - 11:06

Parabens aos camioneiros até que enfim descobrirão que unidos eles são uma muralha não dessistão, sem vocês o mundo para e vocês merecem respeito, lutam pelas suas causas, vão em frente, cade os sindicalistas para dar apoio a esses herois, é so sentindo no bolso que a gente vai dar valor a algo, então força e determinação.

Reply
Jovelino de F. Moreira 04/07/2013 - 19:26

Tenho 28 anos, sou profissional do volante ha 4 anos. Sempre gostei dessa profissão pq cresci vendo meu pai trabalhar. Hj desanimo por causa da desvalorização. Dá vontade de fazer um curso de barbeiro e abrir uma barbearia!! Mas a esperança é a unica coisa q não morre!! Vou continuar com esperança de que um dia seremos valorizados!! Sou a favor da paralisação, mas para isso não precisamos fechar rodovias!! Podemos parar o Brasil sem sair de casa e para isso devemos nos unir, coisa q nossa classe não tem é a tal da união!! São poucos que são amigos!! Vamos lá!! Vamos parar!!!!

Reply
paulo roberto tomem 04/07/2013 - 17:24

É JUSTO SIM PROSTESTAR

Reply
marcelo silva lopes 04/07/2013 - 14:02

Como eu gostaria de conhecer o cidadaõ que cria essas leis, fazer ele administrar um caminhão com esse preço de pedagio, oléo e os fretes vergonhosos…com esse tal horario, eles pensam que o que ganhamos chega perrto ao salario deles mas arealidade é bem outra…..

Reply
eldiana de jesus farias leal 04/07/2013 - 05:36

sou esposa de um caminhoneiro, meu marido tem apenas 29 anos, agora neste momento ele está em Itambacuri mg, mas nós somos a favor de tudo isso, só que além de fecha as rodovias, uma parte deveria ir pra porta de Dilma, pois só assim ela iria ver nossa força,espero que tudo se resolva logo, pra ele está de volta em casa, já fazem quase 10 dias que não o vejo. se não fosse a coragem desses guerreiros na estrada, não se construiria um pais !! apoio todos os caminhoneiros!!

Reply
Márcia Noro 04/07/2013 - 00:59

O negócio é parar de vez tudo!!! Deixar os bacanas irem buscar o que precisam na fonte… E de a pé, pois até os carros que eles usam, cruzou por por um transporte de caminhão!!! Só vão dar valor quando não tiver quem traga tudo, ao seu alcance!!! Valorizem-se motoristas!!! Vocês que levam a nação nas costas!!! Deveriam ao menos ganhar parecido com os bacanas de Brasilia, que só andam de avião!!! Sem pedágio, buracos, pó da estrada, filas intermináveis, e ainda levando fama de marginais… Culpam os motoristas de caminhão por tantos acidentes,… só podem ser os folgados que não precisam das rodovias pra cumprir a jornada de trabalho!!! Quem será que vai sair de casa pra trabalhar pensando em morrer ou matar os outros no transito…. Gente que não sabe o que fala!! Certamente fariam isso se fossem motoristas!!! Mas isso é preconceito, opinião já formada, e mal repassada!!! Mais respeito por nossos motoristas!!!!

Reply
Carlos Souza 03/07/2013 - 23:27

Não adiantou nada a greve, viraram as costas para as reivindicações.
O que fizeram foi nos criticar como cachorros, mas até cachorro é tratado melhor que a gente, Precisamos fazer greve de no minimo 15 dias, mas não na estrada, e sim em casa pra ver se a Dilma continua a nos xingarsou AUTÔNOMO e não aguento mais, não consigo dar um sustento descente a minha familia, minha esposa quer que eu venda o caminhão e procuro um emprego aqui onde eu moro, não sei mais o que faço, trabalho 1,2,3 4 anos e continuo no mesmo lugar, a minha esposa pergunta: Onde vc esta colocando o dinheiro, vc trabalha tanto e vivemos no aperto.
Pois é o que fazer dentro de uma situação dessas?
Amo minha profisão, mas ta dificil. Estou tentando liquidar as prestaçoes do motor e pneus pra ver o que fazer. Peço a Deus por todos nós. Desculpe o desabafo. Sou Brunna filha do Carlos, que escreveu isso tudo e em pediu para repassar ao blog.

Reply
Plinio Fontella 03/07/2013 - 21:42

só caminhoneiro a 21 anos só empregado e já perdi muitos amigos ao longos desse tempo e gostem do que você escreveu mais so contra esses lideres que não são autônomos nem aqui nem na China tão usado os caminhoneiros autônomos para seus propósitos veja esse senhor Nélio Botelho que tem 39 contratos com a Petrobras onde ele contra os direitos conquistado pelo trabalhadores por exemplo a lei 12.619 e outra conquista na empresa desse senhor e tem funcionário sem registro na carteira profissional e não paga salário e sim comissão por essa maldita já perdi vários companheiros por ter que fazer horários exorbitantes onde recorreram para as drogas em fim ,

temos sim que fazer uma grande manifestação entre caminhoneiros empregados e autônomos nos empregado lutado por melhores salários e melhor condições de vida pra sim e família e os autônomos lutado por melhores fretes e juros mais baixo mas sim sem esses atravessadores como esse movimento união caminhoneiro que vem travestido de autônomos e explorando as duas partes ass Plinio Fontella

Reply
valdemir 03/07/2013 - 21:18

não somos contra o pedagio mais sim contra esses preços abusivos , um mal exempre no paraná se cobra eixo suspenso pois se o eixo esta suspenso o motorista com serteza nao esta ganhado seu frete pois muitas vezes temos que voltar com caminhao vazio e para aliviar o gasto suspendemos os eixos ,mais esses maldito pedagio alias robagio tira o pão da boca de nossos filho ,e a justiça fecha o olho para o trabalhador . na verdade o nome da justiça deveria se injustiça , pois pagamos empostos dimais e somos roubado pelos pedagio…

Reply

Deixe sua opinião sobre o assunto!