Sistemas de Assistência ao Condutor

Sensores de segurança




O homem avança no desenvolvimento de novas tecnologias que permitam automóveis cada vez mais direcionados para uma mobilidade mais segura e confortável. Dessa forma surgem os sistemas de Assistência ao Condutor (ADAS/Advanced Driver Assistance Systems) uma das tendências em segurança veicular que tão logo estarão presentes em seus modelos.

Destaque no estande da Bosch durante o 22º Congresso SAE, os sistemas de assistência de alta performance já ajudam os motoristas a alcançarem seus destinos com mais segurança e conforto. Eles controlam tanto a velocidade do automóvel quanto a distância entre os veículos, assim como informam aos motoristas sobre os congestionamentos das vias. Há ainda tecnologias que auxiliam a realizar manobras para estacionar em vagas pequenas.

Num futuro, não muito distante, os sistemas ADAS irão frear, acelerar e controlar a direção de forma totalmente autônoma, ou seja, sem qualquer interferência do condutor.

Radar de longa distância3“Isso é possível graças aos sensores de vídeos e radares que registram e analisam as informações do que estão ocorrendo em torno do veículo. Além disso, o ADAS ativa os sistemas e funções que proporcionam mais segurança e conforto para o motorista em diferentes situações de dirigibilidade.”, ressalta Carlo Gibran, gerente de Vendas da Divisão Chassis System Control da Robert Bosch.

Atualmente, o Piloto Automático Adaptativo (ACC/Adaptive Cruise Control) utiliza um radar para rastrear os veículos à frente e manter distância e velocidade seguras. Atuando em combinação com o ESP®, o ACC forma a base para uma condução mais autônoma. Um software de alto desempenho calcula o trajeto de direção de forma apropriada para garantir uma dirigibilidade mais segura e menos estressante.

Câmera de múltiplas funções2Outro destaque é a Câmera de Múltiplas Funções (MPC), que reconhece as faixas de rolagem na pista e alerta o motorista quando o veículo muda de faixa de forma não intencional, por exemplo. Para isso, são necessários dois recursos adicionais: um sensor localizado na traseira do carro para detectar os veículos que se aproximam de forma mais rápida e um mapa de navegação dinâmico.

A atualização do mapa ocorre por meio de uma conexão de rede móvel, mantendo o motorista informado sobre as condições das estradas e das restrições de velocidade local. Embora o motorista permaneça responsável pela condução, ele pode se limitar a monitorar as ações por meio do sistema de assistência.

Já é possível encontrar sensores indicados para detectar as condições de tráfego mais relevantes para os motoristas e para seus veículos. Um exemplo é o Radar de Médio Alcance (MRR/Mid Range Radar), que oferece uma faixa de alcance de 160 metros e um ângulo de abertura de 45 graus.

Dependendo da extensão das funções onboard oferecidas pelo veículo, a detecção frontal pode ser realizada por um sensor de radar, ligado a uma câmera mono ou estéreo. Com o LRR3 (Sensor de Radar de Longa Distância – Long Range Radar Sensor), temos um sensor de longo alcance e de alto desempenho. Com um ângulo de abertura de até 30 graus, este sensor pode detectar objetos numa distância de até 250 metros.

Temos também uma câmera de vídeo estéreo que detecta objetos em 3D com a ajuda de dois sensores. Desta forma, ela é capaz de calcular a distância exata que os objetos estão do veículo, bem como em que direção eles estão se movendo. Em ambas as configurações do sensor, o motorista tem total autonomia para realizar frenagens de emergência.

Para que isso funcione, dois sensores de radar de médio alcance assumem a tarefa de observar o tráfego atrás do veículo. Estes sensores possuem um ângulo de abertura de 150 graus e que podem detectar objetos com até 100 metros de distância.

Coluna Mecânica Online® com Tarcisio Dias - Todos os dias 10, 20 e 30Tarcisio Dias – Profissional e Técnico em Mecânica, além de Engenheiro Mecânica com habilitação em Mecatrônica e Radialista, é gerente de conteúdo do Portal Mecânica Online® (www.mecanicaonline.com.br) e desenvolve a Coleção AutoMecânica. E-mail: redacao@mecanicaonline.com.br

RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS NO E-MAIL





Seu e-mail (obrigatório)






Deixe sua opinião sobre o assunto!