Essa mulekada nova é F…. [futuro do transporte]

quebra




Há muito tempo atrás uma pergunta que sempre me faziam, e hoje por incrível que pareça ainda fazem, é se eu iria ser caminhoneiro, devido a profissão do meu pai e de 90% da minha família ser esta. Quando me vinha essa pergunta eu sempre parava, pensava, e quando meu pai ja não respondia o “não, ele tem que estudar” na minha frente, eu respondia “acho que não, vou estudar, mas caminhão eu quero ter”. Mas esta pergunta não deve ser estranha para nós amantes de caminhões (de verdade) com o chamado Diesel nas veias ou picado pelo bichinho do transporte pesado.

Porém as respostas são variadas, eu respondia negativamente, que ia seguir os estudos e ter um caminhão, porque minha situação permitia isso. Só que sabia que se algum dia a vida me pegasse de surpresa, era caminhão o meu futuro pois é disso que entendo e tenho paixão. Muitos, como meus primos, respondem positivamente que é isso que vão seguir, e seguem hoje, alguns com sucesso, outros nem tanto, mesmo com a discordância dos pais (o que pode render um assunto para outro post).

Mas o que venho falar aqui hoje são de garotos (e até garotas) que quando são indagados com tal questionamento respondem positivamente, porém com uma visão de profissão muito diferente da realidade e muito menos da LEGALIDADE, e podem ser os futuros motoristas das nossas estradas.

144343257

Embalados pela modinha do “aba reta”, estilo vida loka, pelas musicas de um certo DJ e PRINCIPALMENTE por motoristas “profissionais” (que certamente não são seus pais) alguns garotos dizem que querem ser caminhoneiro para virar a noite dirigindo, usar drogas, dar quebras de asa. Idolatram pessoas que praticam tais atos e os defendem com unhas e dentes nas redes sociais, usando palavras de baixo calão e gírias engraçadas como “cururu”, “ninja”, “viiigi”, “é nada”, confesso que quando estou de mau humor eu entro em algumas paginas frequentadas por esses jovens só para dar risada.

Show de erros de portugues!
Show de erros de portugues!

Enquanto não tiram sua habilitação, ou saem desta modinha, eles jogam simuladores e tiram fotos de caminhão para postar nas redes sociais (e não duvido que usam drogas para virar a noite jogando o simulador kkkk). Praticam no simulador manobras que motoristas praticam na estrada (menos mal), e para tirar fotos dos caminhões deitam no asfalto, dizem que se jogam na frente do caminhão, e instigam os motoristas a fazerem manobras para ter o melhor ângulo das fotos. E se dizem apaixonados pelo que fazem.

Antes de expressar minha opinião aqui gostaria de deixar claro que não estou generalizando, pelo contrario, tenho amizade com flogueiro, meu grande parceiro Luiz Eduardo que saiu do pátio do posto pra virar fotografo profissional (inclusive já confirmou um texto da historia dele pra semana que vem), se quiser ver fotos tiradas por ele é só ir na sessão “wallpaper do dia” e você encontrara varias. Já fui em pátio de posto com eles tirar foto, e a amizade e trabalho dos meninos é coisa séria, e não molecagem de beira de estrada.

144435498

Então esses garotos e garotas que se dizem apaixonados por caminhão, que se jogam em beira de pista, discutem em redes sociais com erros de português grotescos e idolatram assassinos (SIM ASSASSINOS!!), pra mim não passam de um bando de rebelde sem causa, que assim como outras tribos, tem como forma de “escape” atitudes ilegais ou vista de forma errada perante a sociedade. A grande maioria é composta por menores evadidos da escola, com algum parentesco direto ou indireto com caminhoneiros e que não tem uma mentalidade bem formada.

Dizem correr atrás de um sonho, de uma paixão. Ok, concordo, sonhos e paixões todo mundo tem, agora a deles esta longe de ser paixão só por caminhão. Se você tira foto de um caminhão e idolatra um assassino que mata uma família batendo sua Scania P93 a 110Km/h carregada de piso de frente com um carro (assassino tem QRA de uma ave ai…acho q já captaram quem é) e depois da entrevista travado de tanta droga falando que é acidente, meu amigo você tem paixão é por coisa errada (pra ser direto, crime). Como se dizem apaixonados por caminhão qualificado e bem cuidado, sendo que uma quebra de asa estraga todo o conjunto estrutural do caminhão? Como pedem saúde e proteção divina sendo que fazem apologia ao uso de drogas e pratica de manobras arriscadas, apenas pelo fato de “não querer ser normal”. Isso pra mim tem um nome só, revolta!

562378_404759856298031_1281541968_n
Foto postada, e vangloriada, por um “ninja”

Pra encerrar eu gostaria de dizer que eu tenho “moral” para escrever esse texto porque conheço tudo o que se passa. Tenho empresa de transporte, amizade com flogueiro (de responsabilidade), já joguei simulador, já tomei rebite, já escutei (e escuto p da risada) as musicas do DJ “da galera da rodagem” com suas historias, tenho conhecidos que se acham “ninjas” da estrada e PRINCIPALMENTE já tive/tenho o sonho de ter um caminhão, dirigir e estar no meio do transporte. Sonho que cada dia esta mais próximo de se realizar, mas porque eu corri atrás sempre das coisas certas, seja estudando ou na empresa que possuo, e não fazendo apologia a coisas erradas. Diferente desta mulekada que acha que é assim que se corre atrás de um sonho.

E queria deixar bem claro que o principal responsável por isso (acima do DJ que fala pra “enguli 2”, do flogão que faz apologia, do acessório que patrocina) é o MOTORISTA que fala que isso é certo, da a quebra de asa pra tira foto e pratica apologias. Porque quem gosta e é amigo não mostra o errado, tanto que as pessoas que conheço que praticam tais atos nunca foram a favor e apoiaram tais atitude. E se for para realizar o sonho de vocês desta maneira, espero que nunca cheguem “la”, pois de assassinos e drogados na estrada, basta os de hoje que não tiveram incentivo nem um (imagina se tivessem).

Obrigado!

Hélio David




43 comentários em “Essa mulekada nova é F…. [futuro do transporte]

  • 03/05/2017 em 14:40
    Permalink

    Sou Administrador da Pagina Caminhões Clássicos e do Blog O velho estradeiro e compartilhei esta matéria,um dos seguidores deu uma sugestão é só as Transportadoras não carregarem caminhões fora do padrão,ai sim este câncer sera extinto .

  • 13/12/2016 em 17:30
    Permalink

    Agente que vc chama de drogados que se jogam na pista nos somos a queres n estamos assaltando as pessoas por e por contrário participo de um florão de 157 e pessoas e nem um deles fuman droga pelo contrário alguns trocaram a droga por tirar foto de caminhão usa tese e ridícula e o Dj que vc menciona e o cara q tem uma família pra cuidar através disso

  • 28/10/2016 em 07:06
    Permalink

    Falou tudo,
    Eu passei a vida toda com as pessoas me perguntando ” e você, também vai ser caminhoneiro?” .. e eu dizia “Só se for pra ter uma frota!”

    Hoje, aos 23 anos, estou a pouco tempo de tirar minha carteira, e seguir essa profissão que sempre correu em minhas veias, e com certeza darei orgulho ao meu pai, pois comigo, seja dentro de um caminhão, ou dono de frota, jamais verá um caminhão rebaixado, quebra de asas ou uso de drogas ilicitas. O que tende a acabar pelo fato de agora o detran exigir exame toxicológico, a galera que gosta da branquinha ai vai começar a pular.

  • 18/09/2016 em 20:51
    Permalink

    Me pergunto sobre que trauma sofreu o autor desses artigos. No que diz respeito a garotada nas estradas, não vejo mal, eles deram o reconhecimento a classe mais menosprezada do país. Sou um flogueiro com muito orgulho, fiz grandes amizades, não tenho nenhum parente caminhoneiro, mais desenvolvi um gosto por caminhões. Não culpe ou julgue pessoas por correrem atrás de seus sonhos ao invés de se frustrarem em uma vida de lamentações futuras.

  • 14/04/2014 em 15:02
    Permalink

    O tal marréco tava travado quando deu entrevista no local.
    Quanto ao Dj referido ai, que todo mundo sabe quem é.. Só da moral para este bosta esta gurizada sem futuro.

  • 14/04/2014 em 14:40
    Permalink

    Parabéns pelo excelente texto. Concordo com tudo, sem tirar nem por.
    Abraços..paz na estrada

  • 13/03/2014 em 17:18
    Permalink

    De acordo com voce eu tenho 28 anos sou carreteiro e nunca precisei disso pra vira caminhoneiro chega de assassinos nas estradas voce esta plenamente certo parabéns pelo texto

  • 31/01/2014 em 09:13
    Permalink

    Quase 70% do transporte do País é feito por caminhões! Helio você está corretíssimo em sua avaliação e comentários. Caminhão é coisa séria e é por isto que empresas multinacionais investem bilhões em pesquisa sobre estes veículos. Os caminhões hoje em dia são muito mais confortáveis e manobráveis que muitas carroças que temos por aqui e chamamos automóveis. Trabalho na área de combustíveis e tenho contato com muitas transportadoras de Norte a Sul do País e também com caminhoneiros autônomos. E posso dizer que esta é uma atividade para gente que não desiste e não precisa se drogar para ir em frente. Acho que o tempo que ficam tentando reinventar a roda, deveriam se preocupara em proteger os motoristas, principalmente dos assaltos, exploração por restaurantes e postos em beira de rodovia (alguns) e evitar que o Governo venha a tomar medidas que prejudiquem uma classe inteira, fora os que dependem do transporte rodoviário (nós todos)

  • 30/01/2014 em 09:48
    Permalink

    Sempre gostei de caminhão, sou filho de caminhoneiro. Trabalho com logística, sou apaixonado por isso. Sempre quis ser caminhoneiro, mas fui crescendo e vendo a realidade. Alimento ainda dentro de mim essa vontade, e como vc disse no texto, se um dia apertar a situação com certeza vou pro caminhão, mas não nego, eu tenho medo. Essa molecada drogada sem futuro é o perigo. Faço faculdade, trabalho, e alimento o sonho de ter caminhão.

  • 28/01/2014 em 13:56
    Permalink

    Ta de parabéns pelo texto! Não sou caminhoneiro,na realidade sou adolescente,mas apoio tudo que você disse,acho uma retardadisse esses “Ninjas” que nem sabem explicar o que é cururu ‘=’

  • 24/01/2014 em 21:48
    Permalink

    Concordo com seu texto. Mas sou pessimista (ou realista). O futuro da profissão está nesses analfabetos, drogados e outros adjetivos que você citou. As condições de trabalho estão cada vez piores e acabam atraindo esse tipo de “gente”.

  • 13/01/2014 em 17:16
    Permalink

    infelismente é isso que está acontecendo, os motoristas mais velhos estão abandonando ou se aposentando, por esses mesmos motivos ou seja eles estão se sentindo injustiçados pois por causa deles são desrespeitados e humilhados nem o próprio governo apóia os mesmos, pois motorista de caminhão não rende votos por nunca estar no seu local de votação devido ás viagens, se o governo dependesse do voto dos mesmos garanto que seria bem diferente…

  • 12/01/2014 em 21:58
    Permalink

    Parabéns migão você falou tudo e mais um pouco vlw apena ter lido esse texto pois os futuros motoristas q sabem o valor de um caminhão o valor da sua vida e de qm esta ao seu redor ñ vai fazer isso so vai colocar em sua cabeça o seguinte objetivo meu cliente esta esperando a carga e eu irei dirigir de forma prudente!!!

  • 12/01/2014 em 18:21
    Permalink

    Parabéns pelo texto, deixou bem claro que há uma grande falta de respeito com os VERDADEIROS CAMINHONEIROS, pois estão sendo generalizados com essa turminha do “quebra de asa, 1111, cururu e mais…
    Só faço um pedido pra essa turma que acha que caminhão e estrada é brincadeira, ficam só nos seus simuladores!!!!!!!!

  • 12/01/2014 em 16:13
    Permalink

    Existe esperança! Bom texto. Pena que em geral a molecada só quer farra. Eu me questiono o tipo de exemplo que tem em casa pra assumirem esse tipo de comportamento.

  • 12/01/2014 em 12:18
    Permalink

    Parabéns pelo texto, realmente retratou uma realidade que preocupa e nos faz pensar sobre o futuro do transporte rodoviário, defendo com unhas e dentes a classe estradeira, pois vivi e vivo uma realidade de preconceitos ao estradeiro, escrevi um livro sobre a vida de um caminhoneiro e relatei toda minha experiência na estrada, conheço inúmeros bons motoristas que apesar de velocidade para transportar suas cargas, entre elas a difícil verdura, fazem com responsabilidade e têm a noção do perigo, são realmente os trabalhadores que vivem no horário apertado, mas para sustentar a família e estudar seus filhos. Espero que os jovens que sonham com esta linda profissão repensem seus atos e aprendam que a arte está em ser um bom motorista, não um piloto maluco com nome estranho, abraços á todos e fiquem com Deus. Jean C. de Andrade, autor do Livro “Vida de Caminhoneiro”.
    https://www.clubedeautores.com.br/book/14468–Vida_de_Caminhoneiro

  • 12/01/2014 em 01:45
    Permalink

    Isso que eu tento falar nos comentário,mais se agente falar algo que não seja a favor da quebrada de asa eles já vem chamando agente de cururu e outras girias lá, esses mlk são muito sonhadores e não querem ver a realidade

  • 11/01/2014 em 22:58
    Permalink

    O que me chateia é que não tem como impedir esses otários de um dia poderem dirigir um caminhão e fazerem merda na estrada!

  • 11/01/2014 em 21:23
    Permalink

    Isso é verdade muitos não sabem como é a profissão eu sou flogueiro e tenho o sonho de ter um caminhão arqueado qualificado e tal mais usar drogas dar quebras de asa? ai já ta fora e garanto a você que existe muitos flogueiros ai que sabem como é e não agem assim não precisa humilhar nossa classe isso é uma maioria que merece aprender com os erros no futuro mais fora disso vocÊ falou muitas verdades ai relembrando quero e vou ter um caminhão qualificado porque sonho e estilo ninguém nos tira da cabeça obrigado.

  • 11/01/2014 em 20:41
    Permalink

    Falo tudo !! Meus PARABÉNS .

  • 11/01/2014 em 18:46
    Permalink

    Cururu, vai si ferrar !!

    • 11/01/2014 em 19:40
      Permalink

      Cururu, vai estudar, fazer uma faculdade…aprender o alfabeto primeiro!!

    • 24/04/2014 em 19:23
      Permalink

      trouxa, vc diz isso pois não aconteceu com sua família né.

  • 11/01/2014 em 18:17
    Permalink

    Lugar de GANSO é na panela e não atrás de um volante de caminhão para fazer besteiras na estrada

  • 11/01/2014 em 17:17
    Permalink

    Sabe porque o ganso perdeu o controle na chuva?porque estava cheio de po na cabeca , o amigo escreve um texto pra tentar melhorar a imagem dos motorista e vc vem defender aquele noia? Bem que ele disse a mulecada defende esses assassinos com unhas e dentes mesmo

    • 12/01/2014 em 01:15
      Permalink

      Concordo contigo..Falou tudo.

  • 11/01/2014 em 16:14
    Permalink

    o GANSO com sua p93 ele bateu por que perdeu o controle na chuva idiota n fala o que n sabe

    • 11/01/2014 em 18:55
      Permalink

      Bateu por que estava acima da velocidade, e por cima com chuva, foi imprudencia, esta na materia:
      http://www.youtube.com/watch?v=742xO33VGj8

      olhe isso e tire sua conclusão, o cara numa descida e ainda por cima na reta cruzar, e fazer um strike desse, normal não estava

    • 16/05/2014 em 15:08
      Permalink

      Bem nessa!! Certas coisas é melhor fingir q n vimos e nem escutamos, pozzitivo.. Tudibaaum

  • 11/01/2014 em 15:28
    Permalink

    clap clap clap clap clap. -palmas-

    Muito bem escrito, e muito bem esclarecido. Ótimo texto. E parabéns pra nós CAMINHONEIROS e DONO de seus caminhões.

  • 11/01/2014 em 14:41
    Permalink

    Olha, não vou falar sobre a parte que penso sobre caminhões para deixar mais curto, mas o que você disse, esta completamente correto.
    Embora, eu, ja tenha pensado isso, que dar “quebra de asa” ou talvez correr à 110km/h fosse legal, eu mudei drasticamente meu pensamento à respeito disso por questão que, o que os profissionais fazem, sim, os que realmente cumprem a lei e tem responsabilidade quando estão atrás de um volante, é além de transportar sua carga, é como muitos dizem, movimentar o Brasil, mais além disso, é mais um trabalho apenas. Imagine se, engenheiros levassem na brincadeira seu trabalho, ou médicos, talvez até governantes? Quando se está atrás de um volante, você está colocando, não só sua vida em risco, mais sim a de outros. Fazer tais tipos de manobras, e pensar que esta certo, e pura ignorância. Além do risco, que você propõe a outras vidas, como por exemplo de uma família que estava viajando, aproveitando a vida, e foi vitima de um acidente causado por alguém que não teve a minima responsabilidade, você, que faz isso, coloca sua vida em risco, por questão de dar mais valor, à segundos de “adrenalina” correndo, ou fazendo manobras, do que ao resto da sua vida, e da vida de outros.
    Dizer que é humilde, e que Deus o protege quando está na estrada, é apenas uma grande hipocrisia, vendo que, o que se faz de ilegal, nada mais nada menos, é para se aparecer (e cade a humildade nisso?!) e não venha dizer que Deus o protege, pelo que sei, toda ação tem uma reação, e se acha que fazer isso toda hora e sair impuni vai dar certo, desculpe, está errado.
    Além, de uma severa punição à esses que praticam isso, deve se haver uma severa punição, à quem apoia isso. “Ninjas”, não são aqueles que sabem fazer essas irregularidades, sim, são aqueles que trabalham conforme as leis, e mesmo assim, conseguem felizes sustentar sua família.
    Eu posso dizer isso, pelo que penso, ja pensei, pelo que vivo e ja vivi, meu pai, por paixão, foi caminhoneiro, e acredite, ele jamais passou de 100km/h. Não, por falta de coragem, mais porque nunca viu a minima graça em fazer isso, para ele, a verdadeira graça, estava, em transportar, em estar em lugares diferentes e viver a estrada, não, quebrar leis e regras.

  • 11/01/2014 em 14:18
    Permalink

    Mano dei o maior valor no que você disse,eu como filho de motorista e sempre tive o sonho de ir pra estrada,nunca apoiei esse tipo de prática como quebra de asa,uso de drogas entre outras irresponsabilidade de ”ninjas” como são chamados
    os ‘assassinos”da estrada,bom o que eu quero dizer é que você está extremamente correto sobre sua opinião cara!Se tivessem mais jovens que sonham em um dia ir pra estrada pensassem como você o futuro da profissão estariam em boas maõs!Valeu cara continue assim que você terá muito sucesso em sua vida!Tudiiiibaooooo

    GRAH001

  • 11/01/2014 em 13:16
    Permalink

    Excelente texto, concordo contigo, são muito irresponsaveis em todo os generos, Tanto esses ” Caminhoneiros” e essa molecada, que idolatram certos malucos do trecho, que acham “ninjas”, que esse são os qualificado, que quebra asa, que dá km com caminhão, roda a noite sobre efeito de drogas, como rebite, chegando ate na cocaina e outras piores, fazendo bararies com caminhões, acidentando matando além eles, ceifando um monte de pessoa. A molecada chega babar ovo pra esse louco.E nós somos os ” cururús” que rodamos certo, dirgindo com responsabilidade, sabendo que estamos com uma maquina que, se usa de forma irresponsavel, pode alem de matar você, matar um monte de pessoas ao se redor, quem tem muito anos sentado naquele banco atras do volante, trabalhando sol a sol, ganhando seu dinheiro de forma correta, sem drogas, sem loucuras, fazendo seu serviço corretamente. Sim, não to dizendo loucura, apenas um caminhoneiro, filho e neto de caminhoneiro ( meu pai tem 40 anos de trecho, ja meu vô, falecido há 15 anos) e familia praticamente toda caminhoneira..

  • 11/01/2014 em 13:01
    Permalink

    Cara, Meus Parabéns é Bem assim Mesmo.

  • 11/01/2014 em 12:57
    Permalink

    Valeu amigo

  • 11/01/2014 em 12:54
    Permalink

    Excelente, eu mesmo tenho dó dessa mulecada que acha que isso é lindo, mal sabe eles que droga, alem de você poder causar um acidente, tem casos de motoristas que morreram de ataque cardíaco, outros largaram a profissão para se tornar usuário, outros já estão usando COCAÍNA, na boa, eu quero muito trabalhar com caminhão, trabalhar sério, ser profissional, mais do jeito que tá, esses nóias disfarçados, de tão famosos, as empresas pressiona mais e mais, para que assim eles façam carga horária curta, e no Ceagesp, tinha dono de box, que dava rebite pros motoristas, pra eles, num é a saúde deles, não se importam na merda que estão incentivando, eu sinceramente, se for pra trabalha com caminhão, quero trabalhar com caminhão caçamba, ou produto químico, pois são os ramos mais “seguros” que tem hoje, espero um dia que esse povo acorde, e veja a merda que estão fazendo, tanto dos nóias disfarçados, tantos desses futuros nóias, que são um bando de muleque retardado, que nunca soube o que é uma responsabilidade de estar trafegando com um caminhão que se não dirigir como um profissional, tomba na primeira curva acentuada, e isso se algum psicopata achar que um muleque que acha que ser motorista é esse lado ruim da profissão. Outra a essas moças modinhas, lógico que tem aquelas que gostam mesmo, mais tem umas que pelo amor de deus, sabe nem me dizer o que é uma cruzeta, nem o que é diferencial, e tem histórias ai, que as “modinhas”, fazem sexo com motorista pra tirar foto depois no caminhão *-* “Deus por favor, não venha pro mundo, pois aqui o que o senhor deixou de paraíso, o ser humano ta transformando no inferno.” Sem mais.

  • 11/01/2014 em 12:44
    Permalink

    Parabéns pelo texto!!! História de vida, e pensamento semelhante ao meu!!!!

    • 18/01/2014 em 00:01
      Permalink

      Bom primeiramente concordo totalmente com o texto acima, porém sou facetruqueiro amo caminhões vou na BR para tirar fotos mas não fico feito um “macaco” pulando e pedindo quebra de asa! é bonito realmente é bonito ver a quebrada de asa mas acho muito perigoso!

Fechado para comentários.