Agrale entrega primeiro lote de tratores ao Programa Mais Alimentos Internacional

por Blog do Caminhoneiro

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto, em visita à Agrale hoje, sexta-feira, dia 15, durante a tarde, fará a entrega do primeiro lote de tratores que a empresa irá fornecer para o Zimbábue, na África, por meio do Programa Mais Alimentos Internacional. Este será o primeiro embarque de tratores realizado por um fabricante brasileiro para o exterior por intermédio do Programa do Ministério do Desenvolvimento Agrário.

Para Hugo Zattera, diretor-presidente da Agrale, este fornecimento marca a concretização do programa Mais Alimentos Internacional e desde o seu início já entregou 80 mil tratores a agricultores familiares brasileiros. “É muito importante sermos os primeiros a fornecer tratores no Mais Alimentos Internacional, que tem como objetivo ampliar a produção e a produtividade dos estabelecimentos da agricultura familiar nos países em que atua e fortalecer a indústria nacional de máquinas e implementos agrícolas, incentivando a pesquisa e a inovação tecnológica”, explica o executivo.

A venda da Agrale para o Zimbábue, no âmbito do programa, foi firmada no primeiro semestre deste ano e envolve o fornecimento de 320 tratores médios, do modelo 575.4, de 75 cv de potência.

O Programa Mais Alimentos Internacional tem o objetivo de estabelecer uma linha de cooperação técnica e de financiamento de longo prazo que destaca a produção de alimentos pela agricultura familiar como caminho para a segurança alimentar e nutricional dos países participantes. A ação prevê o financiamento de tecnologia adaptada às realidades socioambientais da agricultura familiar local, como forma de ampliar a produção e a produtividade dos estabelecimentos rurais. Atualmente, cinco países têm acordo de cooperação firmado com o Brasil: Zimbábue, Moçambique, Senegal, Gana e Cuba.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Deixe sua opinião sobre o assunto!