Nikola One – O pesadão elétrico com 2.000 cv de potência

por Blog do Caminhoneiro

Nikola One Truck (5)A Nikola Motor Company, montadora de veículos elétricos dos Estados Unidos, acaba de anunciar o Nicola One, um caminhão hibrido elétrico com potência de 2.000 cv, que promete consumir metade do combustível de um caminhão a diesel normal.

Atualmente o caminhão está sendo projetado, e a maioria dos componentes já está pronta, inclusive um revolucionário sistema de um motor “turbina”, semelhante ao usado nos aviões comerciais, que pode queimar diesel, gasolina ou gás natural, que funciona como um gerador e alimenta seis motores elétricos que desenvolvem potência superior a 2.000 cv e toque de 511 mkgf, que é distribuída para todas as rodas individualmente, com 335 cv  de potência em cada roda. Esses motores ainda reaproveitam a energia gerada durante as frenagens, com o sistema KERS.

A turbina só funciona quando o caminhão precisa de energia, sendo que o funcionamento normal do veículo, com as baterias totalmente carregadas é praticamente sem ruídos. O consumo médio deve ficar acima de 4 km/l com carga máxima, cerca de 36 toneladas líquidas.

O caminhão tem aceleração continua, e não possuí câmbio, pois as rodas giram acionadas diretamente pelos motores elétricos, sem a necessidade de um sistema de transmissão. O primeiro protótipo funcional será apresentado em novembro, e encomendas já podem ser feitas, com o pagamento de um sinal no valor de US$ 1.500,00 (R$ 5.100,00).

A Nikola pretende revolucionar o transporte com o novo modelo. Trevor Milton, Fundador e CEO da empresa, diz que “Ao trabalhar em conjunto com algumas das principais empresas de engenharia dos Estados Unidos, fomos capazes de projetar veículos que eram impossível de conceber anteriormente. Queremos nivelar os ganhos dos operadores de frotas e do meio ambiente pela primeira vez na história do transporte recente”.

Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

1 comentário

Reinaldo Faria Tavares 29/12/2016 - 23:06

Isso ai é coisa ultrapassada.
Locomotivas elétricas geradas por turbinas não deram certo na década de 50.
O consumo é muito alto, a não ser que a turbina muito moderna seja uns 100% mais econômica.

Reply

Escreva um comentário