Caminhoneiros e governo terão reunião hoje

por Blog do Caminhoneiro

Caminhoneiros, Governo do MT, e Eliseu Padilha, Ministro chefe da Casa Civil, terão uma reunião hoje, em Brasília, para debaterem as pautas reivindicadas na greve dos caminhoneiros do início do mês. A principal pauta a ser debatida é a criação da tabela mínima de frete, que é considerada a salvação do transporte rodoviário, já que o valor do frete está defasado há vários anos.

Comparando com 2016, o valor do frete da safra, nas rotas do MT até os portos de Paranaguá e Santos, chega a estar cerca de 30% mais baixo em 2017, enquanto os valores dos insumos não pára de subir. O diesel estava na casa dos R$ 2,60 o litro no início de 2016, enquanto hoje chega a R$ 3,80 em algumas regiões do país. Pedágio também tiveram grandes altas, e a lucratividade dos transportadores que já era baixa, acabou aumentando.

Existe no Câmara dos Deputados um projeto de lei que cria a politica de valores de fretes mínimos, a PL 528/2015, do deputado federal Assis Couto do Paraná. Esse projeto já foi aprovado pela Comissão de Viação e Transporte, e será analisada agora pela Comissão de Constituição e Justiça.

De acordo com o Deputado José Stédile (PSB-RS), que aprovou o projeto na comissão, os preços hoje praticados não permitem que o caminhoneiro sequer cubra os custos com o transporte (combustível, pneus, alimentação, manutenção do veículo e pedágios). “No desespero, o trabalhador se vê forçado a se submeter aos valores predatórios que o mercado impõe. Há, assim, que se estabelecer uma tabela de preços mínimos, específica para cada tipo de carga, conforme propõe o autor”, afirma.

Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

16 comentários
0

Artigos relacionados

16 comentários

Zé Cueca 01/02/2017 - 16:00

PARECE PIADA DE MAU GOSTO, pois nenhum governo no mundo conseguirá controlar o preço do frete se nós caminhoneiros continuarmos a aceitar a imposição das trasportadoras e embarcadores recebendo o que eles impõem e não ao que precisamos para sobreviver e ter um lucrinho. A coisa só vai mudar no dia em que cada um de nós assumir a nossa parte e não aceitar a imposição do preço que eles oferecem e não as nossas necessidades. O resto é conversa para “boi” dormir, isso nunca funcionou e nunca funcionará! Recadinho aos colegas “fominhas” vocês são os principais responsáveis pelo desastre que estamos sofrendo com o preço do frete quase ao custo do combustível, continuem assim e morreremos todos juntos em nossas profissões. Um exemplo, uma trasnportadora de MG estava pagando um valor “X” para uma viagem de 200 km opara carreta de 3 eixos, abaixou o frete em 20% e todos continuaram a carregar como se nada tivesse acontecido e a reclamação foi geral, mas não teve ação de não carregar mais.

Reply
Daniel 31/01/2017 - 16:48

Tenho minhas dúvidas que conseguiremos algo através desta lei. Valor do frete é algo que esta atrelado às condições de mercado, ou seja, oferta e procura. Hoje temos uma oferta muito grande para uma baixa procura. Temos que repensar as condições que dispomos para o transporte. Viajei boa parte do país nos últimos messes e vivenciei a condição degradante que temos. Seja de estradas ou locais tudo esta precariamente conversado quando ao mesmos existe.
E a piora destas condições estão se agravando e mito, boa parte por nós mesmos que não paramos de aumentar o peso sobre os caminhões como do governo que não aplica com seriedade soluções para o transporte caminhamos cada dia mais para um cenário ainda pior.

Reply
Moises Saitta 31/01/2017 - 19:43

Gozação isso hein, pra subir os preço e muito rápido é pro lado deles né, aí quando é pro nosso lado aí precisa de reunião e mais reuniões enquanto isso nois os caminhoneiros estamos morrendo dia a dia e ninguém faz nada.

Reply
Elenir Cieslak 31/01/2017 - 19:00

Boa sorte a todos mas não abaixam a cabeça lutem pelo seu valor

Reply
Wanderley Possamai 31/01/2017 - 18:10

Olha o preço do Diesel S10 na Itália hoje 0,836

Reply
Zé Cueca 01/02/2017 - 15:53

Caro Wanderley, penso que ocorreu um engano em sua divulgação, o preço do Diesel “Gasóleo” hoje na Itália é de EU$1.400,12, isso se levar em conta a relação euro/real, teremos um preço de R$3.38,oo o combustível sairá a R$4.732, veja a pesquisa de hoje!
http://www.fotoviajar.com/kit-viagem/preco-combustiveis-europa-gasoleo-gasolina-diesel

Atenciosamente,
Zé Cueca.

Reply
Paulo Von Mühlen 31/01/2017 - 17:56

Kkkkkkkkkk

Reply
Caca Lunardi 31/01/2017 - 17:54

Agora é a hora dos irmãos do tapetão se unir, eles tão colhendo a safra, tem que mandar embora todo grão, não tem onde estocar. Agora é a hora, ou paga o justo ou fica todo grão na terra, eles tem compromiço de exportação, tem que levar pro porto. Vamos nos unir, não sai uma carroça se não pagar um frete justo, chegou a nossa hora vamo meter preção, é agora caminhonerada do bem. Tudi bão pra nois….

Reply
Lucas Carneiro 31/01/2017 - 17:24

Não acredito em acordo favorável para o setor. Penso que será, somente, mais uma rodada de promessas que cairão rapidinho no esquecimento; ludibriando a categoria que parece acreditar em contos da carochinha.

Reply
Davi Villa 31/01/2017 - 15:53

Bota pressão

Reply
Abadio Silva 31/01/2017 - 15:48

O barril do petroleo hoje esta 7,90 sete reias e noventa centavo mais barato….o Barril de 52 dola e o Um dola valendo 3,10…
O Barril sao 159 lts…..E o governo mentido por povo como sempre….

Reply
Marizete Bento 31/01/2017 - 15:23

Sao uma cambada de safado neste pais tem valor os vagabundos emquato isto os verdadeiros guerreiros como os camihoneiros se. Ferao mas. Eles. Nao sabem se os guerreiros das estradas.pararem o brasil para sem eles o brazil nao eziste

Reply
Paulo Cesar Loiola Loiola 31/01/2017 - 15:18

Reunião pra aumentar mais ainda o óleo diesel

Reply
Paulo Cesar Loiola Loiola 31/01/2017 - 15:18

Conversa pra boi dormir

Reply
Mario Fuzinato Neto 31/01/2017 - 15:17

Tem que pedir pra Abaixar o Pedágio. Óleo Diesel. Os Pneus. Junto a Gasolina

Não adianta pedir aumento do Frete e as Coisas continuar cara e continuar a Subir os Preço

O Caminhoneiro é a Única Classe que Pode Mudar o Brasil. Só Falta União.

Reply
Ricardo Correa 31/01/2017 - 15:08

D novo reunião,isso já aconteceu esse Padilha e governo não estão nem aí, não aceitem as promessas falsas novamente…

Reply

Deixe sua opinião sobre o assunto!