New Holland testa trator movido a biometano pela primeira vez no Brasil

por Blog do Caminhoneiro

Um trator New Holland T6.140 está sendo testado em uma propriedade rural no município de Santa Helena, oeste do Paraná. Nesse primeiro teste será possível verificar a performance do trator movido a biometano em terras brasileiras. A implementação do trator nas propriedades faz parte da estratégia da New Holland como Líder em Energia Limpa.

O protótipo já tinha sido testado exaustivamente na fazenda La Bellotta, propriedade rural de um cliente New Holland localizada no norte da Itália, onde pôde ser conferida 40% de economia de combustível em comparação com um trator a diesel. “Com o teste em uma área brasileira, podemos confirmar a autonomia de pelo menos cinco horas da máquina nas condições que os produtores rurais do país trabalham. Também poderemos observar a economia no consumo de combustível”, conta o gerente de Marketing de Produto, Nilson Righi, que coordena o teste.

Com capacidade para armazenar 300 litros de metano comprimido, o T6.140 tem à disposição a estrutura de produção de biometano da propriedade, localizada entre os municípios de Foz do Iguaçu e Cascavel, que já possui parceria técnica com a Itaipu Binacional em um projeto piloto de produção de combustível.

André Haacke, dono da propriedade, afirma que, se os testes forem bem-sucedidos, deve haver economia nos custos. “A nossa propriedade tem uma estrutura na produção de biogás, com compressores e filtro, itens fornecidos pela parceria com a Itaipu, além do biodigestor”.

A propriedade em Santa Helena tem cerca de 40 hectares, produz milho e aveia para o gado confinado e ainda cria aves para a produção de ovos.

Com capacidade para armazenar 300 litros de metano comprimido, o T6.140 tem à disposição a estrutura de produção de biometano da propriedade, localizada entre os municípios de Foz do Iguaçu e Cascavel, que já possui parceria técnica com a Itaipu Binacional em um projeto piloto de produção de combustível.

André Haacke, dono da propriedade, afirma que, se os testes forem bem-sucedidos, deve haver economia nos custos. “A nossa propriedade tem uma estrutura na produção de biogás, com compressores e filtro, itens fornecidos pela parceria com a Itaipu, além do biodigestor”.

A propriedade em Santa Helena tem cerca de 40 hectares, produz milho e aveia para o gado confinado e ainda cria aves para a produção de ovos.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Deixe sua opinião sobre o assunto!