Japão cria novo tipo de habilitação para tentar contornar falta de motoristas




Acaba de entrar em vigor no Japão uma lei que cria um novo tipo de carteira de habilitação. Chamada de Jun Chugata Jidousha Menkyo, permite que jovens maiores de 18 anos possam dirigir caminhões com até 7,5 toneladas de PBT. A nova lei tenta sanar a falta de motoristas profissionais no Japão.

De acordo com o comunicado emitido pelo Governo Japonês, os jovens poderão obter a licença mais facilmente, e poderão dirigir veículos de porte leve/médio, entre 3,5 a 7,5 toneladas para cargas, e também ônibus que se enquadrem nessa categoria.

Com a mudança, o Japão passa a ter quatro tipos de carteiras de habilitação, sendo Futsu, para maiores de 18 anos, como nossa CNH B, Jun Chugata, para maiores de 18 anos e veículos até 7,5 toneladas, Chugata, para maiores de 20 anos e veículos de até 11 toneladas, com pelo menos dois anos na categoria Futsu, e Oogata, para veículos pesados, acima de 11 toneladas e tempo mínimo de três anos de habilitação Futsu. Essa última categoria só é permitida para maiores de 21 anos.

Entidades ligadas ao transporte no Japão esperam que a nova categoria encoraje os jovens a trabalharem como motoristas. Os motoristas mais antigos, que já tenham habilitação na categoria Futsu, poderão dirigir veículos com até 5 toneladas.

O crescimento de vendas online acabou agravando a falta de motoristas, já que a demanda por entregas urbanas cresceu muito, por isso o governo criou esse novo tipo de habilitação, visando trazer jovens para trabalhar com caminhões pequenos em entregas dentro das cidades.

Blog do Caminhoneiro

 

 

 

 

 





25 comentários em “Japão cria novo tipo de habilitação para tentar contornar falta de motoristas

Fechado para comentários.